Música instrumental ganha espaço nos palcos de BH com o Savassi Cultural

Até domingo, festival traz à capital artistas de vários países. Abertura é nesta terça-feira, no anfiteatro do Pátio Savassi, com entrada franca

por Eduardo Tristão Girão 19/08/2014 09:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Élcio Paraíso/divulgação
Hoje à noite, Breno Mendonça vai lançar o disco 'Jazz sambô' (foto: Élcio Paraíso/divulgação)
A 12ª edição do Savassi Festival começou no sábado, mas nesta semana a programação se amplia, com dezenas de shows de artistas nacionais e estrangeiros, que serão realizados até domingo, vários deles ao ar livre e com entrada franca. Além dos espaços já tradicionais do evento (como Café com Letras e Palácio das Artes), os palcos do Centro Cultural Banco do Brasil, Cine Theatro Brasil Vallourec e Teatro Bradesco passam a integrar a programação. A troca de experiências dá o tom das apresentações. Entre as atrações estão Egberto Gismonti, Nivaldo Ornelas, Rafael Martini e André Mehmari.


“Cada vez mais temos parcerias internacionais, música nova e registro de conteúdo. Lançamentos de CDs, por exemplo, são vários. Inclusive, estamos montando um grande intercâmbio entre BH e a Universidade Columbia, nos Estados Unidos, onde o trombonista Chris Washburne é o diretor do departamento de jazz. Ele vai colaborar com o grupo brasileiro Brascubazz. Há parcerias com a Dinamarca e a Espanha, pelo segundo ano, e com a Noruega”, diz Bruno Golgher, organizador do festival.

A conexão com a cidade norte-americana de Nova York será mantida. A primeira edição do Savassi Festival por lá foi realizada ano passado com apresentações de brasileiros. De 7 a 12 de setembro, estão programados shows de Egberto Gismonti, Chico Pinheiro, Paula Santoro e Sergio Krakowski. Ano que vem, revela Golgher, o evento terá uma edição em Israel. “Procuro lugares que contem com celeiro incrível de músicos e mantenham relação com o Brasil. A partir de 2014, vamos intercalar outros países com os Estados Unidos nas edições internacionais”, adianta.

LÁ E CÁ Hoje, os shows serão realizados no anfiteatro do Pátio Savassi, onde tocarão Breno Mendonça (saxofone) e Wagner Souza (trompete), e no Café com Letras Savassi, palco do Lipe Portinho Quarteto. Um dos nomes de destaque na cena instrumental de BH, Mendonça lança com o parceiro o disco Jazz sambô, no qual a dupla explora as possibilidades do sambajazz. Já o baixista carioca Lipe Portinho mostrará composições autorais do disco Obstinado, com clara influência setentista, no qual ele demonstra habilidade nos improvisos com arco em seu baixo acústico.

O saxofonista mineiro Nivaldo Ornelas, que receberá na sexta-feira o prêmio Jazz de Minas, fará dupla jornada no evento. Na sexta, apresentará a peça 'Panorama contemporâneo brasileiro' com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, sob regência de Marcelo Ramos. Já na manhã de domingo, no Parque Municipal, repetirá a dose, mas com entrada franca. Entre as atrações internacionais estão o trio Phronesis (Reino Unido/Suécia/Dinamarca), Eladio Reinón Quartet (Espanha) e Chris Washburne (EUA), que encerra o festival com a Big Band Palácio das Artes.

PROGRAMAÇÃO

HOJE


20h: Breno Mendonça e Wagner Souza. Anfiteatro do Pátio Savassi, Av. do Contorno, 6.061, Savassi. Entrada franca
20h: Lipe Portinho Quarteto (RJ). Café com Letras Savassi, Rua Antônio de Albuquerque, 781. R$ 12,50

AMANHÃ

18h: Jazz sub-17 (Pró-Music). Anfiteatro do Pátio Savassi.
Entrada franca
20h: Vinicius Mendes. Anfiteatro do Pátio Savassi. Entrada franca
20h: Brascubazz com Chris Washburne (EUA). Cine Theatro Brasil Vallourec, Praça Sete, Centro. R$ 20
20h: Túlio Araújo. Fundação de Educação Artística, Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários. R$ 10
20h: Lage Lund Trio (Noruega). CCBB, Praça da Liberdade, 450. R$ 10
20h: Simon Spang-Hanssen Brazilian Quintet (Dinamarca/Brasil). Café com Letras Savassi. R$ 12,50

QUINTA

20h: André Mehmari Trio (SP). CCBB. R$ 10
20h: Fred Selva Quarteto. Café com Letras Savassi. R$ 12,50
20h30: Coletivo A.N.A. e Titane. Teatro Bradesco, Rua da Bahia, 2.244, Lourdes. R$ 20

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA