Morrissey é demitido de gravadora após criticar indústria musical

Artista foi dispensado por selo da Capitol Records após mencionar ''decepção do público''

por Agência Estado 11/08/2014 13:18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

AFP PHOTO / DANIEL SANNUM LAUTEN
Morrissey elogiou vídeos produzidos por fãs e se mostrou decepcionado com material da gravadora (foto: AFP PHOTO / DANIEL SANNUM LAUTEN )
O site da publicação NME informou no último domingo, 10, que o cantor Morrissey, de 55 anos, teria sido demitido pela Harvest Records, um selo associado da Capitol Records. A NME cita o site de fãs True to You, que reportou o seguinte: "Três semanas após o lançamento de 'World peace is none of your business', de Morrissey, a Capital Records e a Harvest Records terminaram seu relacionamento com Morrissey, como informou o chefe do selo Steve Barnett. Morrissey está de novo à procura de uma gravadora".

As notícias coincidem com a crítica que Morrissey aparentou dirigir a seu empregador, declarando "decepção pública" com a indústria musical em uma mensagem postada também no site True to You. O cantor saudava alguns vídeos de canções de seu novo disco produzidos pelos fãs que ganharam a internet.

 

"Esses vídeos compreendem totalmente a intenção da canção, e eu fico aliviado que esses filmes existam", declarou. “Um documento similar deveria ter sido produzido pela companhia de discos, mas é preciso entender que a indústria do pop ou do rock pode se dedicar a perpetuar a decepção do público assim como o mundo da política", afirmou. 'World peace is none of your business' é o 10º disco do cantor, que vive uma onda de polêmicas e cancelamentos de shows.

 

Ouça 'The bullfighter dies', faixa do último álbum de Morrissey:

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA