Com bandas covers, músicas ganham versões inusitadas na internet; confira

Canal difusor de vídeos, o YouTube, abriga milhares de cantores e bandas que se aventuram no mundo cover

por Correio Braziliense 07/08/2014 11:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução
(foto: Reprodução)
Quem gosta de música sempre tem uma ou até duas canções especiais, que tocam várias vezes, em casa, no trabalho ou no aparelho celular. Uma das opções para quem se cansa da versão original desta música é pesquisar por grupos que fazem cover e saber se a sua preferida faz parte do repertório de um desses grupos. O YouTube é o canal mais usado para divulgar os trabalhos de cantores que produzem versões diversificadas de músicas atuais ou antigas. Abaixo, listamos três covers que são referência e que procuram inovar as canções. Confira:

Pentatonix
Formado em 2010 por Scott Hoying, Kirstin Taylor, Mitchell Coby, Avriel Benjamin Kaplan e Kevin Olusola, Pentatonix conquistou os internautas com interpretações fantásticas de hits internacionais. Em 2011, o quinteto venceu a terceira temporada do reality musical The Sing-off, exibido pelo canal pago NBC. Atualmente, Pentatonix está em turnê e passará pelo Japão e por algumas cidades da Austrália. O repertório varia entre astros do pop como Beyoncé, Justin Bieber, Rihanna, Lorde e outros. Em um especial intitulado como Evolution of Beyoncé, o grupo gravou os maiores sucessos da diva desde os tempos de Destiny's Child até as composições mais recentes. Sem uso de instrumentos, os cantores revezam as vozes em solos e coros. A dinâmica funciona e a cada dia eles conquistam mais fãs na web.



Boyce Avenue
Outro grupo que tem uma grande marca de acesso no YouTube é o Boyce Avenue. Criada em 2004 pelos irmãos Alejandro, Daniel e Fabian Manzano, a banda é famosa por inventarem novas versões para canções que estão em alta no mundo da música pop. Miley Cyrus, Coldplay, Bruno Mars, Katy Perry e Justin Timberlake estão entre as inspirações do grupo, que a cada gravação conta com a participação de uma cantora. O grupo está em turnê pelos Estados Unidos e Canadá. Assista ao clipe de Mirros, cover gravado com a participação de Fifth Harmony, com mais de 50 milhões de visualizações no YouTube.



Postmodern Jukebox
Procurando um jeito inovador de fazer cover, o Postmodern Jukebox apostou em transformações musicais diferentes. A ideia de colocar o jazz em composições modernas surgiu de Scott Bradlee. Apaixonado pelo ritmo desde adolescente, Scott começou a postar vídeos onde aparecia cantando. Após receber pedidos para gravar outras canções ele decidiu tentar essa mistura, e deu certo. O jazz toma conta de todas as criações do grupo e traz um ar mais vintange para as canções. Em Womanizer, de Britney Spears, a cantora e integrante da equipe, Cristina Gatti, apresenta uma alternativa mais sexy e firme. Já em We can't stop, de Miley Cyrus, é passada uma sensação mais leve e dançante. Com a agenda de show lotada, Postmodern Jukebox está em turnê por Nova York.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA