Banda Mais Bonita da Cidade e Todos os Caetanos do Mundo se apresentam nesta sexta

Bandas sobem ao palco do Granfinos juntas em clima de Cassino do Chacrinha

por Walter Sebastião 25/07/2014 11:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fotos: Marco Novack/Divulgação e Granfinos/Divulgação
Os mineiros do grupo Todos os Caetanos do Mundo (esquerda) e os curitibanos da Banda Mais Bonita da Cidade (direita) têm encontro marcado hoje (foto: Fotos: Marco Novack/Divulgação e Granfinos/Divulgação)
A festa Cassino do amor e do prazer, hoje, a partir das 22h, no Granfinos, promove o encontro inédito do grupo mineiro Todos os Caetanos do Mundo com o curitibano A Banda Mais Bonita da Cidade. O clima é de Cassino do Chacrinha. A primeira banda recria, com tempero jazz-pop, canções do compositor baiano. A segunda faz folk-rock lírico, confessional e irônico. Curiosidade é o fato de as vocalistas (a mineira Júlia Branco e a curitibana Uyara Torrente) terem se conhecido em BH quando participaram do Cenas curtas do Galpão Cine Horto, antes de estarem à frente de grupos musicais.


Criado em 2009, o Todos os Caetanos do Mundo vai tocar Muito romântico, Billy Jean, Elisa (de Serge Gainsbourg) e três composições autorais, que estarão no disco em fase de gravação: Amanhã é véspera, Là-bas e Pega a melodia e engole. A Banda Mais Bonita da Cidade, também nascida em 2009, mostra um pouco de tudo que já fez (e que está nos dois discos gravados) canções como Solitária, O mais feliz da vida, Matriz e Canção pra não voltar, entre outras. Os mineiros prometem irreverência e ambiente festivo; os curitibanos reproduzem o clima de celebração e redenção que está na produção mais recente.

“Fazemos releituras, não covers”, enfatiza Júlia Branco, vocalista do Todos os Caetanos do Mundo, chamando atenção para cuidadoso processo de elaboração nos arranjos, buscando dar às canções força atual. O grupo é formado por ela, Luiz Rocha (guitarra e voz), Thiago Braga (baixo) e Adriano Goyatá (bateria). Para a apresentação na festa Casino de amor e do prazer, terão como convidado um ex-integrante, Alexandre de Sena (que fará intervenções sonoras).

O convite para a Banda Mais Bonita da Cidade dividir a estreia da festa, recorda Júlia, deveu-se à amizade com Uyara. “E também porque acho o novo disco deles belíssimo”, afirma. “Eles fazem músicas com personagens que contam histórias do cotidiano, de modo que quem ouve pode se identificar com o que está sendo dito”, explica.

É a primeira vez que as duas bandas tocam juntas.

CONVIDADOS  A Banda Mais Bonita da Cidade surgiu a partir da vontade de Uyara Torrente de gravar canções dos amigos de Curitiba, de forma despretensiosa. Até que videoclipe da música Oração virou febre na internet e teve mais de 1 milhão de acessos, lançando o grupo em todo Brasil. “Nunca imaginamos que uma banda criada como válvula de escape, meio parque de diversões, ia ter a repercussão assim”, recorda Uyara. É de 2011 o CD de estreia, que leva o nome do grupo. O segundo, de 2013, chama-se O mais feliz da vida.

A boa recepção aos trabalhos, conta Uyara Torrente, obrigou-os a assumir a música como profissão. Ela observa que, ainda hoje, fica intrigada como músicas que refletem inquietações pessoais podem chegar a tantas pessoas. “O prazer de fazer shows serve como contraponto à rotina, às vezes puxada”, observa. “O melhor tem sido os encontros”, acrescenta. Como o que vai ocorrer em Belo Horizonte, exemplifica. O mesmo já aconteceu com grupos argentinos, portugueses, franceses, durante turnê por outros países.

Casino de amor e prazer
Festa com show dos grupos Todos os Caetanos do Mundo e A Banda Mais Bonita da Cidade. Hoje, a partir das 22h. Granfinos, Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, (31) 3241-1482. Ingressos: R$ 30 (antecipado) e R$ 40 (bilheteria).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA