Festival cultural toma conta de espaços públicos de Contagem

Com programação variada e shows gratuitos, F5 %u2013 Festival de Cultura Independente de Contagem vai até domingo

por Ana Clara Brant 19/07/2014 10:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Blood Brothers/Divulgação
Atração do festival, os Blood Brothers se apresentam este sábado, a partir das 18h, na Praça das Jabuticabas (foto: Blood Brothers/Divulgação)
A cena de cultura independente de Contagem, na região metropolitana, tem se fortalecido bastante nos últimos anos e uma das provas é o F5 – Festival de Cultura Independente de Contagem, que está sendo realizado em diversos espaços públicos da cidade, com atividades gratuitas de cinema, teatro, música, artes visuais, intervenções urbanas, literatura e performances.


O evento, que chega à terceira edição, surgiu a partir de discussões realizadas no Fórum Popular de Cultura do município, formado por artistas, gestores culturais e pessoas da sociedade civil, como conta um dos organizadores do festival, Jessé Duarte Baderna. “No fórum, sempre promovíamos discussões para pensar novas formas de gestão cultural. Veio, então, a ideia do F5, que tem o objetivo de reunir artistas para construírem uma cena artística local, em uma cidade carente de políticas públicas para o setor. E também criar público, com estratégias para chegar aos locais mais inacessíveis”, frisa.


Jessé acrescenta que uma das funções mais importantes do festival é o caráter de formação compartilhando conhecimento e destaca o papel das várias oficinas e seminários. Ele lembra que, até domingo vão ocorrer atividades paralelas, criando circuito cultural entre o Bairro Eldorado e a Cidade Industrial. “Na semana passada, tivemos duas grandes atrações que foram o acampamento cultural, que ofereceu cinema e música, e um encontro de motoclubes, com shows de heavy metal, e foram bem bacanas. Este ano, tenho percebido um interesse maior não só das pessoas de Contagem, mas de gente de fora. Temos recebido público de BH, Betim, São João del-Rei, Ribeirão das Neves e até de outros estados”, comenta.


Outro ponto celebrado é o envolvimento da população local, especialmente os trabalhadores das fábricas. Jessé Duarte revela que cerca de 90 pessoas têm atuado como voluntárias na organização do festival e que boa parte delas são esses operários. “Eles trabalham durante o dia e à noite vem nos ajudar. O evento acaba cumprindo também uma função de mobilização social bem legal”, frisa.

Origem do nome Algumas explicações estão por trás do nome F5. Jessé Duarte explica que à primeira vista, vem a ideia de atualizar, já que a tecla F5 no computador exerce essa função. “Sempre falamos que Contagem precisava se atualizar em vários sentidos, já que muita gente se forma aqui e acaba indo embora depois. Por isso, era importante pensar algo para a cidade criar uma identidade e se atualizar”, diz. O cinco também remete à cultura independente de Contagem e a um dos bairros mais importantes da cidade, que tem justamente esse nome, Cinco (Centro das Indústrias de Contagem). “A maioria das atividades culturais do município é cercada por esse centro das indústrias. Batizamos dessa maneira porque enxergamos como uma forma de dialogar com esse público fabril, esses operários. Tanto é que todas as atividades estão sendo realizadas na rua. É um nome que caiu como uma luva mesmo”, resume Jessé.

F5 – Festival de Cultura independente de Contagem
Até domingo, com atividades gratuitas em vários espaços públicos da cidade. Programação completa: f5festival.blogspot.com.br.

Programação

Hoje

Casa do Movimento Popular (Avenida General David Sarnoff, 117, Cidade Industrial)
>>>> 16h – Escambos de livros

Praça das Jabuticabas (Rua Doutor Cassiano, 130, Centro, em frente à Igreja Matriz de São Gonçalo)

» Shows
>>>> 15h – Liberdade Central
>>>> 16h – Krusty
>>>> 17h – Biggie Rippie
>>>> 18h – Blood Brothers
>>>> 19h – Boi do Além
>>>> 20h – Senso Incomum
>>>> 21h – Vanguarda

Praça da Glória (Rua dos Ingás, Bairro Eldorado)
>>>> 20h: Batalha da Glória (hip-hop)

Casa do Movimento Popular (Avenida General David Sarnoff, 117, Cidade Industrial)
>>>> 22h – Show de Gusmão
>>>> 23h – Sistema de Som Sound System (discotecagem)

DOMINGO
Praça da Glória (Rua dos Ingás, Bairro Eldorado)

>>>> 19h – Laboratório de performance (apresentação de resultados)
>>>> 19h – Recital de piano com Oscar Tibúrcio
>>>> 21h – Show de Lou Gomes e Dâmaris Starling

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA