Cantoras de destaque na cena nacional se apresentam no Festival Vozes do Brasil

Anelis Assumpção convida Zélia Duncan e Karina Buhr canta com Marina Lima neste fim de semana

por Ana Clara Brant 11/07/2014 10:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
DIEGO CIARLARIELLO/DIVULGAÇÃO
Já Karina Buhr faz show amanhã, em palco que terá também Marina Lima (foto: DIEGO CIARLARIELLO/DIVULGAÇÃO)
Itamar Assumpção (1949-2003) foi um dos grandes nomes da cena alternativa que dominou São Paulo nos anos 1970 e 1980, integrando o movimento batizado de Vanguarda paulista. O cantor, compositor, arranjador e produtor musical brasileiro, que se destacou na cena independente e alternativa, acabou sendo o elo entre as cantoras Anelis Assumpção, sua filha, e Zélia Duncan, que se apresentam nesta sexta-feira à noite no projeto Vozes do Brasil, no Teatro Oi Futuro Klauss Vianna.

A iniciativa, que tem origem no programa de rádio de mesmo nome criado em São Paulo pela jornalista Patrícia Palumbo, está sendo realizada desde terça-feira em Belo Horizonte, reunindo sempre dois artistas no mesmo palco.

ANNA TURRA/DIVULGAÇÃO
Anelis Assumpção é a convidada de hoje e se apresenta com Zélia Duncan (foto: ANNA TURRA/DIVULGAÇÃO)
“Já participei de alguns shows da Zélia, principalmente depois que ela gravou o repertório do meu pai, e até fiz uma participação em um dos discos dela. Mas em BH vai ser a primeira vez que ela participa de uma apresentação minha. Nossa liga se deu totalmente por meio do meu pai”, frisa Anelis.

A artista, que começou a carreira como backing vocal na banda de Itamar, vai cantar músicas do seu disco 'Sou suspeita, estou sujeita, não sou santa', lançado em 2011. Já Zélia Duncan, a convidada especial, mostrará canções do seu 10º trabalho de estúdio, o CD 'Tudo esclarecido', justamente uma homenagem ao chamado ‘maldito da MPB’.

Agora no segundo semestre, Anelis se prepara para lançar o segundo álbum, 'Amigos imaginários', que não vai deixar de seguir a linha do primeiro, porém mais maduro. Inteiramente autoral, o novo álbum conta com parcerias que se repetem, caso de Céu e de Alzira É. “No disco de estreia, ficamos em busca de uma sonoridade, de procurar um caminho e, agora que encontramos, a coisa se firmou e amadureceu. Sem falar que desta vez produzimos mais coletivamente”, avisa a cantora e compositora, que mescla swing, dub, reggae, samba e bossa nova.

Parceiras Neste sábado, será a vez de as cantoras Karina Buhr e Marina Lima subirem no palco do Teatro Klauss Vianna. Além de parceiras em 'Desencantados', música que fez parte do trabalho mais recente de Marina, o disco 'Climax', as duas são reconhecidas por presenças de palco singulares. Referência para uma geração, Marina Lima se apresentou no cenário musical nos anos 1980, conquistando diversos prêmios. Amante das letras e dos novos sons, a artista tem estilo original e sempre contemporâneo.

Já Karina Buhr iniciou na música em 1992, tocando percussão e cantando em maracatus. Fez turnês nacionais e internacionais, além de participar da gravação de diversas trilhas sonoras para filmes e do Rock in Rio, em 2011. É destaque da cena da música no país, com indicações para premiações e reconhecimento em importantes revistas, como a Rolling Stone.

>>FESTIVAL VOZES DO BRASIL

» Sexta
Às 21h, Anelis Assumpção convida Zélia Duncan

» Sábado
Às 21h, Karina Buhr e Marina Lima

Teatro Oi Futuro Klauss Vianna, Av. Afonso Pena, 4001, MangabeirasEntrada franca: os ingressos são distribuídos uma hora antes de cada show. Informações: facebook.com/festivalvozesdobrasil e (31) 3222-3242.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA