Serviço de streaming de músicas cria playlists das cidades-sede

Diversidade de ritmos marca escolhas do Deezer

por Shirley Pacelli 23/06/2014 07:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Weber Padua/Divulgação
(foto: Weber Padua/Divulgação)
Engana-se quem pensa que o Brasil é só samba e bossa nova. Pelo contrário. Quando se trata de gêneros musicais, o país se transforma em uma torre de Babel. E, para apresentar aos turistas dessa Copa os ritmos ocultos de cada canto nacional, nada melhor do que reunir os principais nomes da cena musical brasileira em coletâneas. O Deezer, serviço gratuito de streaming de músicas, lançou playlists para as cidades-sede dos jogos.

A de Belo Horizonte, claro, traz Skank. Mas também há gratas novidades, como 'Radim di Pilha', dos Cabezas Flutuantes, que une noise e experimentalismo, além do DJ Tudo e sua gente de todo lugar, que mistura congado, repente, maracatu, entre outros ritmos tradicionais brasileiros. Castello Branco, mineiro radicado no Rio de Janeiro, traz 'Cres-Sendo', do seu álbum de estreia em carreira solo. Seu som transita entre o samba e o folk. A seleção apresenta também Jair Naves, cantor e compositor da cena alternativa.

A trupe mineira Graveola e o Lixo Polifônico apresenta a doce 'Vozes invisíveis', faixa do novo álbum. O elogiado 'Pelicano', da banda instrumental Constantina, também não ficou de fora. Do rock, BH oferece Porcas borboletas, grupo com quase 15 anos de estrada, e as músicas altamente dançáveis de Dead Lover's Twisted Heart.

A playlist de São Paulo é diversidade pura. Tem desde o rap do Emicida até a nova MPB de Tulipa Ruiz. Salvador mostra que a capital baiana tem muito mais do que axé. Moraes Moreira é o anfitrião, que recebe Lucas Santanna, Karina Buhr e Maglore. De Fortaleza e Natal, vem Cidadão Instigado e a gostosa levada do rap de Don L.

Carrapiche-se! “Bate forte o tambor, eu quero é tic, tic, tic, tic, tac...” O clássico de Carrapicho, de Manaus, tem tudo para ganhar os torcedores que aportarem pelas terras amazonenses. Enquanto isso, Macaco Boing, Vanessa da Mata e Vanguart representam a cálida Cuiabá.

A capital brasileira tem o rock de Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, mas traz ainda Móveis Coloniais de Acaju, Ellen Oléria e Raimundos. A Banda mais bonita da cidade, com 'Oração' – seu hit à la mantra –, não ficou de fora da playlist curitibana, que traz também o rap de Karol Conká.

ROCK Porto Alegre tem uma veia rock indiscutível, com Fresno, Cachorro Grande e Júpiter Maçã. Recife traz clássicos de sucesso de Nação Zumbi, Mundo Livre SA e Lenine. João Brasil comanda o mix do Rio de Janeiro, que ataca ainda com Nina Becker e Cícero. As playlists completas das cidades-sede estão em http://goo.gl/F40Itr.

DISPUTA POR SEGUIDORES

O Spotify, aplicativo de músicas on-line mais popular do mundo, não ficou atrás da concorrência e lançou o hotsite Spotify Loves Football (www.spotify.com/br/football). A página traz entrevistas com celebridades da Copa do Mundo, como as cantoras Shakira e Jennifer Lopez, e playlists criadas por artistas convidados. Os usuários também participarão de uma competição das playlists que mais representam a cultura do seu país. Ganha aquele que alcançar o maior número de seguidores.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA