Argentinos comandam animação na Fifa Fan Fest, com shows de Blitz e Don & Juan

Expominas recebe mais uma edição do evento oficial para a torcida na Copa do Mundo

por Fernanda Machado Estado de Minas 21/06/2014 15:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Euler Júnior/EM/D.A Press
Torcedores argentinos comemoram gol de Messi contra Irã; brasileiros acompanharam vibração (foto: Euler Júnior/EM/D.A Press)
A princípio, o público da Fifa Fan Fest de BH neste sábado, 21, pode não impressionar pela quantidade — a organização estima que cerca de 6 mil pessoas passaram pelo evento —, mas certamente chama atenção pela animação dos argentinos. Em partida contra o Irã no Mineirão, os hermanos contavam com apoio da maioria dos espectadores no evento oficial da Federação Internacional de Futebol. A consagração só veio aos 45 minutos do segundo tempo, com gol único do ídolo nacional, Lionel Messi.

 

Veja fotos da Fifa Fan Fest em BH

 

Antes disso, sobraram queixas contra o locutor Galvão Bueno, condutor da partida na transmissão oficial da Rede Globo. Daniel Angelo, de Buenos Aires, portava faixa contra o comentarista e explicou que a insatisfação nasceu entre a torcida do país vizinho após o profissional brasileiro emitir a a frase "ganhar jogo è bom, mas contra a Argentina è melhor ainda".

 

Confira a celebração dos argentinos pela vitória sobre o Irã:

Quando a vitória chegou, trouxe sensação de alívio, não de felicidade para os argentinos que estavam no Fifa Fan Fest. A plateia brasileira, que, em sua maioria, exibia simpatia pelos pelo time argentino, observou tudo com atenção, mas sem euforia com o resultado. A empatia dos mineiros com a Argentina tem motivo: Cruzeiro e Atletico tem ou já tiveram jogadores argentinos.

 

Rivais e companheiros

O fato de a Argentina usar camisa azul e branca, cores do Cruzeiro, e estar concentrada no Centro de Treinamento do Atlético, contribui para relativizar rivalidades. Rodrigo Souza, 26 anos, cruzeirense, torceu pela Argentina. "Sempre gostei da seleção e Sorín jogou pelo Cruzeiro", recordou.

 

Nilton José e Adriana Silva dos Santos, atleticanos, usaram camisas argentinas. "O time está no CT do Galo", lembrou Newton Silva, filho do casal. "A seleção argentina tem raça, como o galo, e na segunda fase vai mostrar que o papo é outro", garantiu. Houve também cruzeirenses e atleticanos, torcendo pelo Irã, mantendo rivalidade entre Brasil e Argentina.

 

Ao todo, a Fifa Fan Fest deste sábado registrou 15 atendimentos médicos sem gravidade, além de uma ocorrência policial. Um homem foi detido com uma bucha e um cigarro de maconha, e liberado em seguida.

 

Euler Júnior/EM/D.A Press
Os mineiros Don & Juan abriram a programação musical em celebração de vitória da Argentina (foto: Euler Júnior/EM/D.A Press)
Música e futebol

A dupla mineira Don & Juan pisou no palco pontualmente às 15h e tocou por 30 minutos. Mostrou canções antigas e novas ('La vida', 'Amo noite e dia', 'Como um anjo' entre outras), pop-rock romântico, de origem sertaneja, composições deles e de colegas (Jorge e Mateus, Zezé di Camargo e Luciano) que dissolveu a tensão do jogo. E abriu momento de relaxamento e paquera.

 

Lilian Monteiro/EM/D.A Press
Blitz subiu ao palco após transmissão do embate entre Alemanha e Gana (foto: Lilian Monteiro/EM/D.A Press)

Depois dos sertanejos e após o confronto entre Alemanha e Gana, o palco do Expominas recebeu a banda Blitz. Sob o comando de Evandro Mesquita, o grupo carioca entoou hits oitentistas como 'A dois passos do paraíso'. Também não faltou no repertório o hino patriótico de Jorge Ben, 'País tropical'. Às 21h, a banda Nabor e o Bando subiu ao palco para o último show da noite, representando a cena musical local.

 

Neste domingo, 22, quem anima os torcedores no evento é MC Sapão e o DJ Marlboro. Sempre com entrada gratuita, a festa é promovida pela Fifa até o fim do Mundial, com lista de atrações que inclui Jeito Moleque, Cheiro de Amor, Daniela Mercury, César Menotti & Fabiano e Paula Fernandes. Na última edição, em dia de Brasil x México, o público da Fan Fest chegou à capacidade máxima de 21 mil pessoas ao cair da noite.

Lilian Monteiro/EM/D.A Press
Nabor e o Bando encerraram programação musical da Fifa Fan Fest neste sábado, 21 (foto: Lilian Monteiro/EM/D.A Press)
 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA