Baterista Adriano Goyatá mostra sua faceta de pianista e compositor

Nesta sexta-feira, músico se apresenta no Floriano, no bairro São bento

por Eduardo Tristão Girão 20/06/2014 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Dani Rivoli/Divulgação
Adriano transita bem entre diferentes instrumentos (foto: Dani Rivoli/Divulgação)
Músico da nova geração belo-horizontina, Adriano Goyatá é habitualmente visto de baqueta na mão. No show de hoje à noite, no Floriano, ele mostrará lado menos conhecido e novo: é pianista e compositor, além de baterista. Acompanhado pelo baixista Matheus Ligeiro e os guitarristas Thales Torres e P.C. Guimarães, mostrará as pesquisas sonoras que darão origem a seu primeiro disco. Por enquanto, o trabalho é completamente instrumental.


“Mais da metade do que sei tocar na bateria é porque aprendi piano primeiro. A forma como toco a bateria somente surgiu devido ao tempo que estudei piano e vice-versa. Uma técnica contamina a outra. Às vezes, passo um tempo estudando bateria e quando pego no piano o ritmo está mais preciso, assim como o braço mais ágil. E quando toco piano um tempo e vou para a bateria, a percepção do instrumento muda totalmente. Os timbres são percebidos de outra maneira”, conta Goaytá.

Ele toca há pouco tempo com o trio que o acompanhará hoje à noite. “Ainda estou pesquisando a sonoridade de alguns músicos e não tenho uma banda definida para a gravação do meu futuro CD”, adianta ele. As composições que mostrará hoje estão disponíveis também no perfil do artista no Soundcloud, embora temporariamente registradas de forma caseira e improvisadas no piano centenário que tem na sala de sua casa, mas cujo timbre muito lhe agrada.

Pedal “Falando em timbre, essa é uma das texturas que gosto de trabalhar com as minhas músicas, tanto instrumentais quanto canções. Venho há pouco tempo insistindo na pesquisa de pedais eletrônicos e na sonoridade timbrística do piano e da bateria que são instrumentos que fazem parte da minha vida desde a infância”. Ele estudou piano dos 6 aos 18 anos e bateria desde 11. A propósito, há dois anos iniciou curso de música popular com especialização em bateria na Universidade Federal de Minas Gerais.

#palcojazz
Show do baterista e pianista Adriano Goyatá, hoje, às 20h. Floriano Livraria & Café, Avenida Cônsul Antônio Cadar, 147, São Bento. Couvert: R$ 8. Informações: (31) 2526-4180.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA