Rodolfo se diz ''100% arrependido pelas letras do Raimundos'' e é criticado por atuais integrantes

Digão, atual vocalista, rebateu o ex-companheiro, dizendo que ele ainda usufrui dos direitos autorais da músicas

por Fernanda Machado 11/06/2014 14:33

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
Rodolfo deixou o Raimundos em 2002, depois de se tornar evangélico (foto: Divulgação)
Mesmo depois de 12 anos, a saída de Rodolfo Abrantes do Raimundos ainda é motivo de polêmica. O ex-vocalista do conjunto brasiliense afirmou, em entrevista à revista Trip deste mês, que se sente “100% arrependido” das letras que compôs para a banda. A declaração de Rodolfo repercutiu muito mal entre os remanescentes da formação original do grupo, que utilizaram as redes sociais para rebater e fazer duras críticas a Rodolfo.

O atual vocalista e guitarrista Digão publicou um texto no Facebook chamando o ex-companheiro de hipócrita, já que Rodolfo ainda usufrui dos direitos autorias das canções. Veja o que Digão escreveu:

“Que pena que a base de sua vida seja a hipocrisia...
'100% arrependido' mas usufruindo 100% da sua parte dos direitos autorais e que não é uma 'merreca' que ele gosta de falar para os desinformados... Se ele pode se dar ao luxo de sair de casa pra "trabalhar" e não receber nada, quem banca isso!? O Raimundos é claro, a sua eterna previdência privada, assim como o chamariz de seus testemunhos "Eterno EX-RAIMUNDOS".
Sem contar o fato dele não ter respeitado os nossos direitos quando saiu da banda, o que me cansa é essa insistência em associar o Raimundos as coisas ruins e o seu uso de pó e outras drogas pesadas em sua vida! Amparado pela verdade e Deus é minha testemunha, isso foi FORA do Raimundos com as "nega" dele! Muito me admirei quando vi suas declarações, pois nunca tinha visto isso dentro da banda!
Dizer que estava com 'Câncer' e se curou na fé é no mínimo CHARLATANISMO, pois ele nunca fez um exame para provar tal enfermidade, mas alegou que "se conhecia"... Se pelo menos fosse formado em medicina mas nem o 2º Grau terminou...
Eu, nesses 13 anos, reconstrui minha vida honestamente, com muito suor e amigos de verdade! Não o fiz desmerecendo o trabalho dele como ele tem feito até hoje com o nosso... Infelizmente tive que interromper um pouquinho a nossa bela e gloriosa escalada pra deixar essa história em pratos limpos... Espero que o verdadeiro Deus possa tocar o coração dele e abrir seus olhos, não pra voltar pro Raimundos, mas pra ser uma pessoa do bem de verdade.... Sem mais”.


O baixista Canisso, que também faz parte da banda desde o início, também atacou o cantor: “Uma puta contradição, a gente rala pra caralho pra manter a banda em evidência e pingar um dinheiro de direito autoral na conta do infeliz, pro cara pagar de surfista-pastor-popstar ARREPENDIDO de Camburiú...devia ter a humildade de demonstrar agradecimento”, escreveu ele no Twitter.

Rodolfo deixou o Raimundos em 2002, quando se tornou evangélico e passou a se dedicar apenas ao gospel. Ele gravou os cinco primeiros álbuns de estúdio do grupo, além do 'Ao Vivo MTV', de 2001.

Há mais de 20 anos na estrada, o Raimundos se consolidou como uma das mais representativas bandas do rock nacional. Sempre caracterizado pelo som pesado, mesclado a ritmos nordestinos, e pelas letras chulas, repletas de palavrões, a banda já vendeu mais três milhões de cópias. Em 2014, depois de 12 anos, eles voltaram a lançar um álbum de estúdio, chamado 'Cantigas de roda', onde tentam resgatar as origens do Raimundos. O trabalho tem recebido elogios da crítica. Confira:

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA