John Ulhoa, do Pato Fu, é premiado por trilha sonora de 'Aventuras de Alice'

Disco com as canções da peça do grupo Giramundo venceu o prêmio Sinparc Copasa de Artes Cênicas

por Ana Clara Brant 03/06/2014 10:04

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Jair Amaral/EM/D.A Press-18/7/13
John Ulhoa foi premiado comamúsica da peça Aventuras de Alice (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press-18/7/13)
Giramundo e 'Alice no país das maravilhas' são um prato cheio para a criatividade e foi por isso que, de certa maneira, não foi uma tarefa tão complicada para o músico John Ulhoa, do Pato Fu, compor as músicas para o espetáculo 'Aventuras de Alice', do grupo mineiro de bonecos. Tanto é que a trilha sonora da montagem venceu o Prêmio Sinparc Copasa de Artes Cênicas na semana passada. “Essa conquista me deixou ainda mais feliz e orgulhoso deste trabalho”, celebra John.

É o primeiro grande projeto solo do cantor e compositor, já que as composições e os arranjos são seus. Ele conta que já havia assinado outras trilhas para seriados, programas de TV e teatro, mas este trabalho foi o mais completo e profundo e o único até então que ele transformou em CD. O interessante é que o álbum é duplo, um com as 17 músicas originais e outro com toda a história como acontece no teatro, com as falas dos personagens, trilhas, efeitos sonoros e sonoplastia. “Achei que parecia com aqueles discos de historinhas de antigamente, ainda mais criança, que adora ver ou ouvir milhares de vezes a mesma coisa. Mas por outro lado é legal também ouvir só as canções, sem as falas dos personagens, para você observar cada detalhe da faixa”, comenta.

Com participações de artistas como Fernanda Takai e Arnaldo Baptista e o elenco do Giramundo Teatro de Bonecos, a produção usou programações e instrumentos como guitarra, violão, teclados e bateria. Assim como o próprio espetáculo, agrada a pessoas de todas as gerações. “É uma história muito maluca. Mas eu, particularmente, gosto de espetáculos infantis que têm essas duas camadas. São para crianças, mas ao mesmo tempo têm essa metáfora adulta”, analisa John Ulhoa.

O artista revela que o processo de elaboração das músicas foi minucioso, ainda mais no caso de um teatro de bonecos em que tudo é bem marcado. “É um tema muito rico e tem muito a ver com o universo pop. A peça foi sendo criada em função da música e vice-versa. Eu mandava alguma coisa para o Marcos Malafaia (diretor do Giramundo) e ele me devolvia. Ficamos nessa ida e volta durante uns três meses até a coisa se acertar mesmo. Foi assim até a estreia praticamente. Mas no fim, acho que deu tudo certo”, comemora.

COMO COMPRAR?

O disco está sendo comercializado no site do Giramundo ou no do Pato Fu

 

Assista o clipe de 'O que será de mim', de Ulhoa e Fernanda Takai:

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA