Com novo disco no forno, pernambucano China é DJ convidado de festa em BH

Cantor, apresentador e ex-VJ será atração especial em do Studio Bar nesta sexta-feira, 16

por Fernanda Machado 15/05/2014 15:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Facebook / Divulgação
'Telemática' 'será o quarto álbum solo do artista, que discoteca nesta sexta-feira em BH (foto: Facebook / Divulgação)
Com Pedro Galvão

 

Cantor, instrumentista, compositor e apresentador, o pernambucano China é voz de respeito quando o assunto é música brasileira. Desde que formou sua primeira banda, a Sheik Tosado, em 1997, misturando o hardcore com ritmos regionais e à cultura de Olinda, ele lançou outros três discos solo antes de se tornar VJ da MTV. Sempre ligado na cena independente nacional, bem representada no programa comandado por ele na rádio Oi FM, China se prepara para lançar mais um disco e estará em Belo Horizonte nessa sexta-feira, dividindo um pouco de sua expertise sonora com o público do Studio Bar.

Com participação de nomes como Jorge Peixe, do Nação Zumbi, PJ, do Jota Quest, e lhan Ersain, do Wax Poetics, 'Telemática' é o nome do novo trabalho do artista. Será o quarto álbum solo de China. A ideia dele no novo CD é abordar a tecnologia e a relação do homem com a máquina. Para isso, ele abusou do que define como a forma mais primitiva de música: “É um disco com muita percussão, sempre mesclada a uma pegada mais pesada. Diferentemente do meu último disco, Moto Contínuo, Telmática tem mais conceito, é mais pensado, mais crítico.”, explica. A previsão de lançamento é para agosto.

 

Veja o clipe de 'Panorama', uma das novidades de China:

 

Paralelamente à careira solo, ele se dedica ainda a outros dois projetos musicais. É vocalista na banda Del Rey, que faz versões de Roberto e Erasmo Carlos, ao lado de integrantes do grupo Mombojó, e também comanda o Coisinha, voltado para o público infantil.

Cena independente
Além da carreira musical, China foi VJ da MTV por dois anos e atualmente comanda o programa Independência, na rádio OI FM, que dedica espaço exclusivo aos artistas independentes nacionais. Em contato constante com os novos sons produzidos no país, ele comenta sobre momento atual da música brasileira: “ A cena está bem forte, as bandas tem feito muito além daquilo que as gravadoras podem fazer pelo artista, até pela facilidade da internet. Na rádio recebo uma quantidade absurda de materiais espetaculares de áudio e vídeo de bandas de todo o país”, conta ele.

Perguntado sobre quais artistas ele destaca entre essa nova leva nacional, o ex-VJ responde e destaca a música mineira: “ Tem muita coisa boa, ultimamente, gostei muito do Suinga, que faz uma música baiana muito autêntica, e também do Ulala, que é uma banda de rock de Curitiba, mas Minas também tem uma presença muito forte, com nomes como o Graveola e outros artistas presentes na coletânea Collector´s Choice BH 2013, que inclui artistas de vários gêneros”.

Parte do diverso conhecimento musical de China poderá ser apreciado pelo público em uma noite um tanto quanto eclética no Studio Bar, nessa sexta-feira. O pernambucano será um dos Djs da festa Sensação Incontrolável x Bregahia, que preza pela mistura de estilos e épocas da música, indo do rock dos anos 70 ao axé da década de 90. Em seu set, o convidado especial promete selecionar aquilo que gosta de ouvir em casa: “Quando discoteco, curto tocar um balanço dos anos 60 e 70, um soul e um funk antigo, que gosto muito, além de muita música brasileira”.

China em BH
Festa Sensação Incontrolável x Bregahia. Discotecagem: Eustáquio Cota, Bart, Heleno Augusto e China. Rock, brasilidades, hits, pop, anos 80, anos 90 e axé. Sexta-feira, 16 de maio, às 22h, no Studio Bar (Rua Guajajaras, 842, Centro). Ingressos a R$ 15 para mulheres R$ 20 para homens. Venda online aqui. Informações: (31) 3047-1020.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA