Som da Liberdade celebra cultura negra e sua diversidade em série de eventos no Bairro São Paulo

De 10 a 13 de maio, Região Norte de BH recebe shows, oficinas, exposição e outras iniciativas

por Fernanda Machado 09/05/2014 18:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Vinicius Terror/Reprodução
Quadros, livros e fotografias que dialogam com a cultura afro, como as de Vinicius Terror, serão expostas durante todo o evento, de 11h às 22h, à Rua Andiroba, 20 (foto: Vinicius Terror/Reprodução)
Com a proposta de celebrar "a sonoridade negra e sua diversidade", o evento Som da Liberdade estende sua programação a partir deste sábado, 10, até a próxima terça-feira, 13, no Bairro São Paulo, Região Norte de Belo Horizonte. Pela variedade, a lista de atrações segue fiel à premissa da iniciativa: há espaço para shows, oficinas e exposições.

 

Realizado pelo Grupo de Encontro Afro Brasileiro Kizomba, o conjunto de atividades pretende aproximar o público das experiências pessoais de quem mantém vivas as tradições da cultura negra. Parte da programação aborda as vivências de convidados, com apresentações de Congado, Reinado, samba de raiz e roda de cantigas.

 

Sobre os palcos, o som fica por conta de artistas que têm caminhos entrelaçados com a tradição e o folclore, como Sérgio Pererê (sábado), Simplicidade Samba (domingo) e Samba da Meia Noite, que reúne repertório de terreiro para a festa do Orapronóbis, na terça-feira. Na segunda-feira, 12, uma roda de conversa tratará da liberdade sob foco da "abolição presumida", com mediação de Maria Celeste Libânia.

 

Confira a programação completa na página oficial do Som da Liberdade no Facebook.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA