AC/DC nega aposentadoria, mas confirma saída de Malcom Young

Depois de 40 anos, guitarrista irá se afastar por motivos de saúde

por Fernanda Machado 16/04/2014 11:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação/Site Oficial
Vocalista do AC/DC Brian Johnson negou rumores sobre fim da banda (foto: Divulgação/Site Oficial)
O AC/DC se pronunciou nesta quarta-feira sobre os rumores que apontavam o fim da banda por conta do estado de saúde do vocalista Malcom Young. Em nota publicada no site oficial, o grupo confirmou o afastamento de Malcom, mas negou que encerrará suas atividades. Pelo contrário, o ACDC deverá inclusive produzir novos trabalhos. Confira o que a banda publicou:
 
"Depois de 40 anos dedicados ao AC/DC, o guitarrista e membro fundador Malcolm Young se afastará da banda devido a um problema de saúde. Malcolm gostaria de agradecer às legiões de fanáticos pela banda ao redor do mundo pelo seu apoio e amor irrestritos. Em face dessa notícia,  ACDC respeitará a privacidade de Malcom e sua família durante esse tempo. A banda continuará fazendo música".
 
Na última segunda-feira, uma rádio da Austrália anunciou que o guitarrista da banda, Malcolm Young, estaria muito doente e, por isso, o grupo encerraria as atividades. Na ocasião, a rádio afirmou que os integrantes do AC/DC tem um pacto que nenhum membro seria substituído e se alguém parasse de tocar a banda acabaria.
 
 
Novos trabalhos
Apesar do afastamento de Malcom Young, o AC/DC segue pensando no futuro. O grupo teria inclusive reservado um estúdio no Canadá, onde daria início a um novo álbum. "Definitivamente vamos nos encontrar em Vancouver em maio", disse o vocalista Brian Johnson,em entrevista ao jornal australiano Daily Telegraph.
 
Além do novo disco o vocalista do AC/DC também falou sobre uma possível turnê de despedida. Alguns rumores apontam que a banda planeja comemorar os 40 anos de carreira com 40 shows em 40 lugares diferentes. "Seria uma forma maravilhosa de dizer adeus. Nós adoraríamos fazê-la. Mas ainda não tem nada definido até o momento."


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA