Thiago Espírito Santo chega ao quinto disco apostando alto na música brasileira

Baixista acaba de lançar o álbum 'Alma de músico'

por Eduardo Tristão Girão 15/04/2014 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Mariana Chiarella/divulgação
(foto: Mariana Chiarella/divulgação)
Um dos nomes fortes do baixo no país, Thiago Espírito Santo chega ao quinto disco apostando alto na música brasileira. Não que não tenha feito isso antes, mas em 'Alma de músico' ele apresenta o que nem todos oferecem: trabalho autoral (e atual) tocado com instrumentos relacionados com a MPB, mas sem o habitual apelo a bateria, piano e guitarra. Com Fábio Peron (bandolim) e Mestrinho (acordeom), Thiago lançou, sem dúvida, um dos melhores discos instrumentais deste ano.

“Quando decidi gravar, tinha uma coisa muito clara em mente: a maneira de tocar, independentemente de repertório e estilo. Busquei formação com sonoridade brasileira que remetesse ao regional, mas com execução moderna. Foi aí que conheci Mestrinho e Peron. Quando tocamos juntos na casa de amigos, soube na hora que essa seria a formação do meu disco”, lembra.

Vale lembrar: Thiago já tocou com o bandolinista Hamilton de Holanda e o acordeonista Dominguinhos. As nove faixas do novo trabalho trazem temas autorais escritos por ele e parcerias. A inserção de outros instrumentos é pontual: o pai, o multi-instrumentista Arismar do Espírito Santo, toca guitarra em 'Sonhando acordado', enquanto a mãe, a pianista Silvia Goes, marca presença em 'É foi, é'. No restante do álbum, o ouvinte tem exclusivamente o trio a se entender perfeitamente nos ritmos, harmonias e melodias – sem abusos. O baixista prova ser um excelente improvisador nos solos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA