Duelo de MCs batalha por espaço nas ruas de BH

Sem fins lucrativos, os encontros foram afetados por obras que interditaram áreas do viaduto onde o encontro de MCs acontecia

por Estado de Minas 15/03/2014 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Paula Huven/divulgação
Rappers reivindicam volta de evento cultural às ruas da capital (foto: Paula Huven/divulgação )

O coletivo Família de Rua enviou ofício à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) reivindicando a liberação de vias públicas para a realização do Duelo de MCs. Promovido desde 2007 debaixo do Viaduto Santa Tereza, no Centro da capital, o evento, com entrada franca, destacou-se no cenário do hip-hop brasileiro por revelar talento de Minas e de outros estados.

Sem fins lucrativos, os encontros foram afetados por obras que interditaram áreas do viaduto. Outros espaços chegaram a ser acertados com a prefeitura, mas o coletivo alega não ter recursos para pagar taxas cobradas pela Regional Centro-Sul. De acordo com a PBH, elas decorrem da legislação eleitoral. De acordo com o Família de Rua, seriam necessários pelo menos R$ 600 para bancar cada edição da batalha de rappers.

“Março já chegou e até agora não conseguimos realizar nenhuma edição do Duelo de MCs e do projeto Família de Rua gam of skate”, afirma nota do coletivo divulgada nas redes sociais. O grupo lembra que há sete anos a isenção de taxas viabiliza os dois eventos, “conquista da cultura hip-hop, da juventude e de diferentes setores pelo direito de ocupar a cidade”.

Os rappers querem transferir o duelo para a Praça João Pessoa, no Bairro Santa Efigênia, e o projeto de skate para a Praça Sete, no Centro, até a conclusão das obras do viaduto.

O documento enviado à PBH solicita a revisão de critérios que impedem a isenção de taxas para emissão de alvarás, reivindica a liberação das praças João Pessoa e Sete em datas acertadas com a administração municipal e exige a garantia de realização dos eventos este ano.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA