Projeto 'Samba de Noel' agita o Alto Vera Cruz nesta quarta-feira

Quinta edição do evento, com Dudu Nobre, Renegado e Aline Calixto, acontece ao meio-dia o dia de Natal

por Mariana Peixoto 24/12/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
TV Brasil/Divulgação
Convidado especial do Samba de Noel, o cantor carioca Dudu Nobre sobe ao palco às 16h (foto: TV Brasil/Divulgação)
Cinco anos atrás, o percussionista Robson Batata, morador do Alto Vera Cruz, se reuniu com um amigo da região, o sambista Gaguinho, para fazer alguma coisa pelo bairro. “A comunidade sempre foi muito carente de evento, no aglomerado é funk o dia inteiro, então resolvemos criar uma roda de samba”, relembra Batata. A primeira edição do Samba de Noel, realizada só com os amigos da região e “na porta de casa”, como diz o percussionista, levou 800 pessoas a confraternizarem no dia de Natal. Desde então, o projeto só fez crescer. Nesta quarta, das 12h às 22h, será realizada a quinta edição. Se em 2012 foram 4 mil pessoas, neste ano é esperado um número maior.


Batata, que integra a banda de Aline Calixto, ao longo dos últimos anos foi convidando os músicos amigos e parceiros a participar da festa. Para esta quarta-feira foram convocados a própria Aline, Flávio Renegado, Thiago Delegado, Gustavo Maguá, Fabinho do Terreiro, Edu Krieger, dona Lúcia Santos, Fernando Bento, Michel Salvador e DJ Maurinho Lobo. Para além dos mineiros, Batata convidou também Dudu Nobre, que se apresenta às 16h.

“Com a participação de Dudu Nobre, acho que o número de pessoas pode duplicar. Como neste ano tivemos a Lei Municipal (de Incentivo à Cultura), quis presentear o público. No Samba de Noel os artistas tocam num tablado, então ficam muito perto das pessoas. E o Dudu vai agradar tanto ao pessoal da periferia quanto ao da Zona Sul”, continua Batata, que montou uma banda com músicos locais para acompanhar o sambista carioca.

“Também não posso esquecer os músicos do bairro, pois na realidade o evento virou um grande encontro da rapaziada do samba. Tem gente que me esqueço de chamar e acaba aparecendo. Ano passado foram 120 músicos”, continua Batata. Haverá também atividades recreativas para crianças, grupos de capoeira e percussão. Agora com tudo pronto, o músico só está com uma pendência. “Estou na dependência de São Pedro. Espero que ele nos ajude”, finaliza Batata.

SAMBA DE NOEL
Quarta-feira, dia 25, das 12h às 22h, na Avenida Belém, 60, esquina com Andradas, Alto Vera Cruz. Entrada franca, mediante doação de 1kg de alimento não perecível.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA