Grupo Ecco estreia com CD 'As forças da natureza'

Conjunto paulistano tem versões de Tom Jobim, Marvin Gaye e Pierre Aderne

por Kiko Ferreira 06/12/2013 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Arquivo pessoal
Grupo Ecco estreia com o pé direito em 'As forças da natureza' (foto: Arquivo pessoal)
O clipe da música 'Terra desolada', tema inédito de Beto Villares, Iara Rennó e Carlos Rennó, é uma boa introdução ao CD 'As forças da natureza', primeiro álbum do quarteto vocal paulistano Grupo Ecco. O nome veio do clássico de João Nogueira e Paulo César Pinheiro que batizou disco de Clara Nunes lançado em 1977. Ecologia e as relações do homem com a natureza são temas das canções.


Formado em 2009 pelas irmãs Eloiza e Estela Paixão, Cristiano Santos e Rafael Horta, o Ecco gravou um conjunto harmonioso de 10 faixas. O quarteto atinge seu objetivo com temas conhecidos e novatos. Aberto com versão de Sobradinho que sugere a mescla de Sá e Guarabyra com Take 6, o CD tem como maior trunfo comercial o diálogo com um Alceu Valença bem à vontade no clássico 'Espelho cristalino'. Mas não fica nisso.

A balançada versão de 'Estrada do sol' (Tom Jobim e Dolores Duran) conta com Izzy Gordon. 'Mercy mercy me', de Marvin Gaye, surge abrasileirada – o original, aliás, tem o subtítulo 'The ecology'. O repertório conta com Luar do sertão bastante radiofônico e um Caetano atípico e tribal em Eu e água, com direito à participação de Fabiana Cozza.

Merecem destaque o samba 'Rio flora', de Pierre Aderne, e a faixa de encerramento, 'Cidade e rio', de Roberto Mendes e Jorge Portugal, cuja letra poética traz versos marcantes: “As ruas são meus abismos,/ que me conhecem tão bem”. Uma estreia consistente.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA