Victor e Leo se apresentam nesta sexta-feira, no Chevrolet Hall

A dupla mineira muda o rumo de sua carreira no novo disco, 'Viva por mim'

por Ana Clara Brant 29/11/2013 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Som Livre/divulgação
(foto: Som Livre/divulgação)
Quando subir ao palco do Chevrolet Hall, hoje à noite, a dupla Victor e Leo vai dar uma palinha de seu novo projeto, o show 'Viva por mim', baseado no disco que acaba de sair pela Som Livre. Cenário, iluminação e produção terão muitas novidades, assim como o repertório, que marca a nova fase dos irmãos mineiros. A apresentação, porém, ainda será focada no último trabalho, 'Ao vivo em Floripa'.


“A gente já estava pensando em dar essa repaginada e remodular um pouco o nosso estilo e a nossa carreira. Isso não é fácil, exige personalidade, credibilidade e ousadia. Artista deve ser assim. Já temos 21 anos de carreira, sempre na mesma linha. Achamos que é hora de mudar e vamos seguir assim por um bom tempo”, avisa Leo.

A virada se reflete, sobretudo, na sonoridade. O repertório traz referências à música sertaneja de raiz, mas dá espaço para rock, folk, blues e black music. Leo explica que o novo disco mostra claramente essas inovações. “Procuramos colocar o que gostamos e admiramos não só dentro do sertanejo, mas, sobretudo, do hard rock e do rock britânico do Coldplay, por exemplo, além de coisas mais modernas tipo Alicia Keys, Beyoncé e Mariah Carey”, cita.

Apesar de o álbum 'Viva por mim' ser recente – a turnê oficial só estreia em dezembro –, o público já dá sinais de que aprovou o resultado, comemora Leo. “Estávamos um pouco ansiosos para ver se os fãs absorveriam as mudanças. Apresentamos o último show, Ao vivo em Floripa, mas introduzimos algumas faixas do 'Viva por mim' para ir experimentando, sentindo a receptividade. Está tudo dando certo”, conta ele.
 
NOVIDADES
O CD marca outras estreias, além da nova gravadora. Em duas décadas de carreira, é o primeiro disco dos irmãos dedicado inteiramente a inéditas. Ele foi gravado no estúdio BR Chaves, em Uberlândia, criado por Leo Chaves e o produtor Beto Rosa.

Nesse 11º trabalho fonográfico, a dupla contou com três participações que representam diferentes fases e estilos do sertanejo. Victor e Leo cantam com Jorge e Mateus, representantes da nova geração, na faixa 'Guerreiro'. Os veteranos Bruno e Marrone dividem o microfone com os dois em 'Eu vim pra te buscar', parceria de Leo com Beto Rosa. Grande referência no gênero, Almir Sater participa de 'Tudo bem'.

“Esses convidados representam todas as fases da música sertaneja e ajudaram a tornar o disco ainda mais especial. Almir é eterna referência nossa, Jorge e Mateus têm levada bem dançante. Quanto a Bruno e Marrone, já fizemos 'Eu vim pra te buscar' pensando neles”, explica Leo.

Nesta sexta-feira à noite, não vão faltar no repertório os hits 'Não me perdoei', 'Quando você some', 'Sem negar', 'Borboletas', 'Meu eu em você', 'Fada', 'Amigo apaixonado' e 'Fotos', além da nova faixa de trabalho, 'Na linha do tempo'. A estreia oficial da turnê de 'Viva por mim' está marcada para 12 a 15 de dezembro, no Credicard Hall em São Paulo.

NA LINHA DO TEMPO

10
semanas em 1º lugar nas rádios do país

11 milhões
de visualizações do clipe

VICTOR E LEO

Nesta sexta-feira, às 22h. Chevrolet Hall, Av. Nossa Senhora doCarmo, 230, SãoPedro, (31)3209-8989. Inteira: R$ 100 e R$ 120. Mesa: 800 (para quatropessoas). Informações: (31) 4003-5588 e www.ticketsforfun.com.br.

Assista ao clipe de 'Na Linha do Tempo, de Victor & Leo:


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA