Cavaquinista Waldir Silva será homenageado na noite desta terça-feira

Mineiro esteve ao lado de nomes como Isaurinha Garcia, Nelson Gonçalves e Luiz Gonzaga. Apresentação acontece no Conservatório UFMG

por Estado de Minas 05/11/2013 10:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marcos Vieira/EM.D.A Press - 1/7/10
(foto: Marcos Vieira/EM.D.A Press - 1/7/10)
Os músicos do Clube do Choro de Belo Horizonte têm um encontro para lá de especial com os amantes de seresta. O show desta terça-feira, no Conservatório UFMG (Avenida Afonso Pena, 1.534, Centro), vai homenagear um mestre: o cavaquinista mineiro Waldir Silva, que morreu em setembro, aos 82 anos.

Atração do projeto Minas ao Luar, que há muitos anos divulga os repertórios chorão e seresteiro em BH e no interior, Waldir começou a tocar cavaquinho aos 7 anos, em Pitangui. Ele gravou cerca de 40 discos e vendeu 6 milhões de cópias.

Operador de telégrafo, o ás do cavaquinho construiu sua carreira na capital de Minas. Chamou a atenção ao acompanhar astros e estrelas como Dorival Caymmi, Emilinha Borba, Isaurinha Garcia, Nelson Gonçalves e Luiz Gonzaga. Waldir compôs parte da trilha da novela 'Pecado capital', exibida pela Rede Globo em 1975, e ganhou o Prêmio Sharp de Música Popular Brasileira em 1996.

CLUBE DO CHORO DE BH
Conservatório UFMG. Avenida Afonso Pena, 1.534, Centro. Terça-feira, às 20h. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA