Pesquisa mostra que sertanejo é ritmo de maior preferência musical

Ouvintes do estilo são majoritariamente pertencentes à classe C. Rock e MPB são os preferidos das classes A e B

por Estado de Minas 31/10/2013 08:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fernando Hiro/Divulgação
Michel Teló (foto: Fernando Hiro/Divulgação)
Pesquisa divulgada na segunda-feira pelo Ibope identificou quais são os estilos musicais mais ouvidos no rádio, assim como o perfil dos ouvintes de cada gênero. Segundo o estudo, que recebeu o nome de ‘‘tribos musicais’’, o sertanejo aparece no topo da pesquisa, com 53% dos pesquisados respondendo que ouvem o gênero. Em seguida aparecem MPB (47%), samba/pagode (43%), forró (31%), rock (31%), música eletrônica (29%), gospel (29%), axé (26%), funk (17%), country (12%), clássica (11%) e jazz/blues (9%).

Os ouvintes de sertanejo e samba/pagode foram apontados como pertencentes, majoritariamente, à classe C, com 52% e 53% dos ouvintes dos estilos pertencendo, respectivamente, a essa faixa de renda. Já os ouvintes de MPB e rock foram apontados como integrantes, principalmente, das classes A e B, com 46% dos ouvintes de MPB nessas faixas de rendas e 52% dos ouvintes de rock. Entre estes ouvintes, 13% têm ensino superior, maior incidência do que no caso dos demais gêneros analisados de forma específica (sertanejo, samba/pagode, gospel e funk – os demais não foram detalhados).

A pesquisa também aponta que 70% dos ouvintes de rock também ouvem MPB, enquanto, entre os ouvintes de MPB, 42% ouvem rock. A audiência gospel e de funk foi apontada como integrante, majoritariamente, das classes C, D e E, com 71% e 72% dos ouvintes, respectivamente, nessas faixas de renda.

Segundo o estudo, 38% dos que ouvem funk também ouvem música gospel, enquanto entre os ouvintes de música gospel, apenas 22% ouvem funk. Para 43% dos funkeiros, diz a pesquisa, o presente é o mais importante, não se planejando tanto para o futuro. Para 81% dos que ouvem música gospel, a sua própria casa é o “melhor lugar do mundo”. A pesquisa, de acordo com o Ibope, foi feita nas “principais capitais e regiões metropolitanas do país”.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA