Rapper DQ lança documentário em BH

Filme revela o processo de produção, gravação e distribuição de Verdadeiro ou falso, CD independente do rapper lançado em 2011

29/09/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fabiano Aguiar/divulgação
(foto: Fabiano Aguiar/divulgação )
O rapper belo-horizontino Das Quebradas, o DQ,, vai lançar o documentário De mão em mão amanhã, às 20h, no Centro Cultural UFMG (Avenida Santos Dumont, 174, Centro).

Fruto da parceria do músico com a Rede Jovem de Cidadania e a produtora independente Produto Novo, o filme revela o processo de produção, gravação e distribuição de Verdadeiro ou falso, CD independente do rapper lançado em 2011. Marcado pela crítica social, o trabalho de DQ se volta também para as pistas com sonoridade influenciada por funk, reggae e black music.

Lançado durante o Duelo de MCs, em BH, o álbum é fruto de um mutirão. O músico e quatro amigos partiram para as ruas para distribuí-lo. Cerca de 1 mil cópias por mês chegaram ao público graças ao esforço de DQ, Lincon, Simba, Matheus e Barata. Das Quebradas diz ter vendido 13 mil discos. O documentário chama a atenção para o vigor do mercado fonográfico paralelo, sobretudo nas periferias brasileiras.

DQ tem longa trajetória no hip-hop: aos 13 anos, fã dos Racionais MCs, começou a compor. Em 2006, lançou a primeira demo, Prossigo na caminhada, divulgada por rádios comunitárias do estado. Em 2009, a música Fala fofoqueira chamou a atenção. O mineiro tem dividido o palco com astros do hip-hop nacional como Mano Brown, MV Bill e Thaíde.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA