Ná Ozzetti reúne amizades musicais em Embalar, o 10º disco solo de carreira

O repertório reúne de Tulipa Ruiz a Luiz Tatit, passando pela estreia da dobradinha Kiko Dinucci e Jonathan Silva, além da amiga Monica Salmaso

por Ailton Magioli 21/09/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Circus/divulgação
É o segredo das canções: o casamento perfeito entre melodia e letra - Ná Ozzetti, cantora (foto: Circus/divulgação)
“Um brinde às minhas amizades musicais”. Assim a cantora Ná Ozzetti define 'Embalar', o 10º disco solo de carreira, depois da passagem pelo grupo Rumo, que marcou profundamente sua trajetória. Adepta assumida da canção, que explora como poucas intérpretes, Ná convidou artistas de várias gerações para participar do novo CD.

O repertório reúne de Tulipa Ruiz, com quem ela compôs 'Pra começo de conversa', a Luiz Tatit, parceiro mais antigo e constante (a dupla assina 'Miolo'), passando pela estreia da dobradinha Kiko Dinucci e Jonathan Silva (autores da divertida e comovente 'Lizete', que “endoideceu de amor ao se envolver com a Rebeca”), além da amiga Monica Salmaso – as duas dividem a interpretação de 'Minha voz', da mineira Déa Trancoso.

Ná Ozzetti se supera mais uma vez. Com repertório a cada dia mais próximo das camadas populares, mas sem abrir mão da qualidade, ela confessa: “Sou uma intérprete de canções”. Mas a paulista cultiva também sua veia autoral. Conta que, ao criar melodias, acaba convocando parceiros para letrá-las. “Geralmente, faço primeiro a música e envio para eles”, revela.

Com Alice Ruiz, porém, ocorreu o contrário: Ná acaba de musicar Olhos de Camões a partir de um “poemontagem” da poeta sobre versos do autor português. “É um processo bem natural. Gosto de elaborar melodias”, explica. Muitas vezes, a cantora-compositora parte de um ritmo para chegar ao resultado desejado. No caso das parcerias, prefere deixar que o companheiro sinta a música para escolher o tema das letras.

CASAMENTO Na hora de escolher o que cantar, entra o gosto da intérprete, marcado por opções pessoais. “É o segredo das canções: o casamento perfeito entre melodia e letra”, afirma Ná. Para ela, a canção deve ser interessante e provocativa, assim como a melodia. “Tem de mexer comigo, dar vontade de criar a interpretação”, explica.

Depois de Meu quintal e Balangandãs, este dedicado ao repertório de Carmen Miranda, Embalar é o terceiro CD da cantora com a banda base formada por Mário Manga (guitarras e violoncelos), o irmão, Dante Ozzetti (violões), Sérgio Reze (bateria e gongos melódicos) e Zé Alexandre Carvalho (contrabaixo).

Para brindar com os amigos, ela recebeu a cantora Monica Salmaso (Minha voz), Ivan Vilela (viola caipira em As estações e Olhos de Camões), Juçara Marçal (voz em Musa da música), Kiko Dinucci (voz e guitarras em Lizete), Marcelo Pretto (voz em Olhos de Camões), Mariana Furquim (voz em Musa da música) e Uirá Ozzetti (violino em A lente do homem, As estações, Nem oi e Olhos de Camões).
Atração do paulistano Sesc Vila Mariana em 5 e 6 de outubro, Ná tem agendada apresentação do novo disco para 15 de outubro, no carioca Teatro Rival. Depois, a cantora parte em turnê nacional, com planos de voltar a Belo Horizonte.

>>  Repertório
 
>> Embalar
Dante Ozzetti e Luiz Tatit
>> Musa da música
Dante Ozzetti e Luiz Tatit
>> A lente do homem
Manu Lafer
>> Minha voz
Déa Trancoso
>> Miolo
Ná Ozzetti e Luiz Tatit
>> Lizete
Kiko Dinucci e Jonathan Silva
>> Nem oi
Dante Ozzetti e Makely Ka
>> Olhos de Camões
Ná Ozzetti, Alice Ruiz e Luis de Camões
>> As estações
Dante Ozzetti e Luiz Tatit
>> Os enfeites de cunhã
Ná Ozzetti e Joãzinho Gomes
>> Pra começo de conversa
Ná Ozzetti e Tulipa Ruiz

 
 EMBALAR

De Ná Ozzetti
A íntegra do CD está disponibilizada para download gratuito no site www.naozzetti.com.br

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA