Menores do grupo de funk Bonde das Maravilhas são emancipadas

Garotas estavam enfrentando problemas com a justiça pelo conteúdo ousado de suas coreografias

18/09/2013 10:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AgNews
(foto: AgNews)
Investigadas pelo Ministério Público de Niterói pelo conteúdo pornográfico de uma de suas coreografias, as garotas menores do Bonde das Maravilhas foram emancipadas. A notícia foi divulgada pela assessoria das meninas, em nota oficial: “O produtor do grupo em conjunto com a família das garotas optou por tal decisão por conta de um 'problema' na Justiça que impedia as meninas de participarem de programas de TV e alguns shows".

 

O problema citado na nota é uma denúncia, feita pelo Conselho Tutelar de Minas Gerais ao MP de Niterói, à respeito do famoso 'quadradinho de oito', coreografia da música 'Aquecimento das Maravilhas'. Desde então, as garotas estariam então sendo constantemente proibidas por órgãos de defesa da infância e juventude, de se apresentarem em locais em que a entrada de menores é proibida. Outro fato destacado na investigação, iniciada em maio deste ano, é que apenas uma das jovens do grupo completou o ensino médio.

A partir de agora, as jovens Thayssa, de 16 anos, Thalia, de 17, Rafaela, de 17 e Renatinha, de 15, podem responder pelos próprios atos perante a lei, mesmo não tendo completado a maioridade. O grupo ainda é formado por Kathy, de 20 anos e Karol, de 18.

Assista ao clipe de 'Aquecimento das Maravilhas':

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA