Violino de maestro do Titanic será exibido em museu dedicado ao naufrágio

O instrumento ficará exposto na Irlanda do Norte e irá a leilão ainda este ano

por AFP 16/09/2013 19:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
PETER MUHLY / AFP
Instrumento foi encontrado no sótão de uma casa no noroeste da Inglaterra, em 2006 (foto: PETER MUHLY / AFP)

O violino utilizado pelo maestro da orquestra do Titanic no momento em que o navio afundava será exibido em Belfast, antes de seu leilão, anunciou nesta segunda-feira, um museu da capital da Irlanda do Norte. O instrumento pertencente a Wallace Hartley foi encontrado junto a seu corpo. Mais de 1.500 pessoas morreram no naufrágio do Titanic, em 1912.

Acreditava-se que o violino, que tem uma inscrição de sua noiva, havia sido perdido, mas foi encontrado no sótão de uma casa no noroeste da Inglaterra, em 2006. O instrumento poderá ser visto a partir de 18 de setembro e até 13 de outubro no museu Belfast dedicado ao naufrágio, antes de seu leilão em Wiltshire, sudoeste da Inglaterra, em 19 de outubro.

"Estamos honrados e animados que (o museu) Titanic Belfast foi escolhido para exibir o violino que Wallace Hartley tocou no 'RMS Titanic'", declarou o diretor do museu, Tim Husbands. "Poderá ser uma oportunidade única de ver um dos objetos mais famosos e valiosos do 'Titanic'", disse.

A orquestra do navio interpretou a música gospel 'Nearer, My God, To Thee' (Mais perto, meu Deus, de ti) para acalmar os passageiros enquanto subiam em botes salva-vidas após a colisão do navio com um iceberg. Hartley e seus sete companheiros morreram.

Sua noiva, Maria Robinson, havia dado o violino de presente ao músico em 1910, com a seguinte inscrição gravada em uma placa de prata: "Para Wallace, por ocasião de nosso noivado. De Maria". Acredita-se que o instrumento foi guardado na maleta de couro encontrada junto ao corpo de Hartley, que foi encontrado 10 dias após o acidente.

O instrumento foi devolvido a Robinson, que nunca se casou. Após sua morte em 1939, sua irmã doou o instrumento para a banda do Exército de Salvação. Ele passou ainda pelas mãos de um professor de música até acabar na casa onde foi descoberto em Lancashire.

Após sete anos de análises, os especialistas anunciaram em março que o instrumento era o que Hartley utilizou no "Titanic". Além do violino, a maleta de couro com as iniciais W.H.H. também será exibida.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA