Dom La Nena lança 'Ela' com participações de Kiko Dinucci e Thiago Petit

Gaúcha gravou parte do CD no Brasil, parte na França

por Kiko Ferreira 09/09/2013 09:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Som LIvre/Six Degrees/Divulgação
(foto: Som LIvre/Six Degrees/Divulgação)
A primeira parte do nome artístico da gaúcha Dom La Nena vem do nome de batismo, Dominique Pinto. Estabelecida na França, ela gravou a maior parte do disco 'Ela' em seu estúdio doméstico, em Paris. E contou com participações de amigos como Kiko Dinucci, Thiago Petit e Guilherme Katrup em São Paulo, além de se valer que ela chama “coro porteño”, com 12 vozes, em Buenos Aires. E ainda contou com a cult Camille participando de 'Você', penúltima das 13 faixas.

Quem relacionar o tom confidencial dos vocais e a instrumental econômica e sutil com a estreia de Mallu Magalhães não fica longe do clima do trabalho. Dom canta e toca violoncelo, piano, violão, glockenspiel, harmônio, ukelele, vibrafone, baixo duplo e percussão. Ela tem o coprodutor Piers Faccini como quase um Marcelo Camelo, tocando mais uma meia dúzia de instrumentos e dividindo os vocais de Dessa vez.

Quase infantil num sugestivo 'Conto de fadas', bailante em 'Buenos Aires' (dueto com Thiago Le Petit) e timidamente animada em 'Batuque' e 'Sambinha' (em que confessa não saber sambar), duas brasilidades de apartamento, Dom atinge uma fragilidade meio melancólica de caixa de música, com trechos que remetem à Rita Lee, de 'José', ou a quem se dedica a um diário romântico e intimista em 'Você' e 'Saudade', que encerram o disco.

O CD saiu em janeiro no exterior, pelo selo Six Degrees, e agora chega ao Brasil por iniciativa da Som Livre. Dom La Nena, que já tocou com as musas Jane Birkin e Jeanne Moreau, é candidata a entrar no circuito que elegeu Clarice Falcão como voz da vez.

Cotação: Bom

Ouça a faixa 'Buenos Aires', de Dom La Nena com Thiago Petit:


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA