Cantor, compositor e escritor Luis Capucho canta hoje no Centro Cultural UFMG

Canções do artista já foram parar em discos de Cássia Eller, Pedro Luís e a Parede e Daúde

08/09/2013 10:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rafael Saar / Divulgação
Luis Capucho canta no Centro Cultural UFMG (foto: Rafael Saar / Divulgação)
Muito antes de a cena indie virar moda, o capixaba Luís Capucho já estava na pista. Cantor, compositor e escritor, o conterrâneo de Sérgio Sampaio se destacou no underground carioca nos anos 1990, classificado de 'retropicalista' pela crítica. Tárik de Souza escreveu: ele é uma voz no avesso da 'MPBoa moça'. Conhecido também como 'Lou Reed tropical', suas canções foram parar em discos de Cassia Eller, Pedro Luís e a Parede e Daúde. Ney Matogrosso é fã.

Da lavra desse cantautor saíram os discos Lua singela, Cinema Íris e Antigo. Formado em letras, lançou os livros Cinema Orly, Rato e Mamãe me adora – que trouxeram novos ares à literatura gay brasileira.

BH tem hoje a chance de conhecer esse artista ímpar. Capucho escolheu a cidade para estrear o show 'lítero-musical' Poema maldito, que será apresentado às 18h no Centro Cultural UFMG (Avenida Santos Dumont, 174, Centro), com entrada franca. O músico Raul Corrêa e o ator Gabriel da Luz são os convidados da noite.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA