Jota Quest faz show hoje à noite no Clube Chalezinho

Além de tocar alguns dos sucessos de carreira, a banda pode adiantar algumas faixas do disco que será lançado em outubro

por Mariana Peixoto 30/08/2013 11:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Maria Tereza Correia/EM/D.A Press
Com o single 'Mandou bem', o Jota Quest deixa pistas do que está por vir no próximo álbum (foto: Maria Tereza Correia/EM/D.A Press)

O trocadilho é inevitável, afinal, está no calor da hora. O Jota Quest realmente mandou bem no primeiro single de seu próximo álbum, com lançamento previsto para 15 de outubro. Lançado há duas semanas, 'Mandou bem' sinaliza um passo largo que a banda pretende dar com seu próximo álbum (ainda sem título), o primeiro de inéditas desde 'La plata'(2008). A cozinha, desde sempre o ponto forte do grupo, ganhou um componente de peso. Jerry Barnes, baixista e produtor norte-americano (Stevie Wonder, Roberta Flack, Donald Fagen, Carly Simon, Chaka Khan) assumiu o comando da produção. Não obstante ele, desde a morte de Bernard Edwards (1996), também é baixista do Chic. Dessa maneira, trouxe a reboque o guitarrista Nile Rodgers, cofundador do lendário grupo da disco music. E é o riff característico de Rodgers que marca 'Mandou bem'.

Bem, nesta noite, no Clube Chalezinho, Mandou bem estará presente no repertório do show que celebra os 17 anos (mesma idade do Jota Quest) da Choperia Albano’s. Se tudo der certo, poderá haver outra novidade, já que a banda começou nessa semana a ensaiar o novo repertório. “Estamos trazendo de novo os metais, e os vocais são agora um trio”, afirma Rogério Flausino. Por ora, a turnê que vai continuar rodando o país é a anterior, que comemorou os 15 anos do grupo. Show novo somente a partir de abril. O vocalista fala em criar uma “nova sensação” para a banda. Tanto que depois do lançamento do álbum, serão realizadas apresentações pequenas em bares, no meio da semana, para azeitar o repertório. Daí, quando tudo estiver nos conformes, a banda parte para a turnê oficial propriamente dita.

A expectativa dos integrantes é grande, afinal de contas. No decorrer de sua história, o Jota diluiu a soul music que norteou sua fase inicial: a cada novo disco ficou menos black e mais pop. Sem brigar com a vocação pop que vem lhe servindo por tantos anos, a banda vem buscando reunir o melhor dos dois mundos. Pelo menos é isso o que dá para deduzir após sucessivas audições de 'Mandou bem'. Além de Rodgers – um dos nomes mais falados deste ano, graças à gravação em 'Lose yourself to dance', 'Get lucky' e 'Give life back to music', faixas de 'Random access memories', álbum arrasa-quarteirão do Daft Punk –a faixa também faz destacar as linhas de baixo de PJ. O vocoder (aquele efeito que deixa a voz robótica, também muito marcante no álbum do Daft Punk) marca a parte final da canção, que tem refrão de ficar na cabeça. Adriano Cintra (ex-CSS) e Pretinho da Serrinha são coprodutores do álbum.

Fãs da banda vêm acompanhando de perto o processo, pois o Jota criou, em parceria com a Sky, a websérie 'Entre sem bater', que acompanha a rotina de gravações do álbum no estúdio Minério de Ferro, no Belvedere. São 25 episódios, toda terça e quinta, às 17h que podem ser conferidos no site da TV. Produção impecável, marca um novo passo para uma banda que vem nadando de braçada no universo pop? Ainda é cedo para dizer, mas diante dessa amostra, há muito o que esperar.

FESTA DE ANIVERSÁRIO
Com show do Jota Quest
Sexta-feira, a partir das 22h, no Clube Chalezinho
Endereço: Avenida Prof. Mário Werneck, 530, Buritis

Ingressos: 2º lote: R$ 110 (feminino) e R$ 130 (masculino)

Informações: (31) 3281.2644

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA