Obras de Chiquinha Gonzaga serão restauradas e disponibilizadas online

Três operetas estarão no site do Acervo Digital Chiquinha Gonzaga e poderão ser montadas tal qual foram concebidas para os novos públicos

por Correio Braziliense 07/08/2013 14:18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Arquivo/EM/D.A Press
Chiquinha Gonzaga terá sua obra restaurada e disponível em acervo digital (foto: Arquivo/EM/D.A Press)
Chiquinha Gonzaga (1847—1945) é uma das principais compositoras e pianistas brasileiras, considerada a primeira chorona do país. Mesmo assim, a vasta obra erguida por ela ainda não é completamente conhecida. Isso começou a mudar em 2011, quando os pianistas e pesquisadores radicados em Brasília, Wandrei Braga e Alexandre Dias, coordenaram o Acervo Digital Chiquinha Gonzaga, que restaurou e disponibilizou mais de 300 partituras da artista em um portal em homenagem a ela (www.chiquinhagonzaga.com.br).


A história ganha agora novos capítulos. Ainda faltavam cerca de 50 operetas musicadas por Chiquinha, a maioria desconhecida e inédita. Três delas virão agora a público, a partir de prêmio recebido em um edital de acervos digitais da multinacional norte-americana EMC Corporation. Concorrendo com diversos países, os brasileiros, acrescidos de Douglas Passoni, inscreveram o projeto e ficaram entre os sete finalistas — únicos latino-americanos. Os nomes foram para votação popular, e a turma de Brasília ficou em segundo lugar: receberá 10 mil dólares para a empreitada.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA