Evan Rachel Wood critica declaração de Ben Affleck

O ator teria declarado que beijo gay em cena é 'o maior desafio que um ator pode encarar'

por Agência Estado 19/07/2017 15:37

Reprodução/Twitter
(foto: Reprodução/Twitter)
A atriz Evan Rachel Wood foi ao Twitter criticar declarações antigas do seu colega ator Ben Affleck, de que beijo gay em cena seria o "maior desafio" para o ator.

Esta semana, o diretor Kevin Smith, que trabalhou com Affleck em Procura-se Amy (1997), revelou durante um evento LGBT que, na época das filmagens, o ator teria feito o seguinte comentário sobre a cena em que beija Jason Lewis no filme. "Um homem beijando outro homem é o maior desafio de atuação que um ator pode encarar", teria dito Ben Affleck na época. "Agora sou um ator sério."

Respondendo na terça-feira, 18, à publicação no Twitter da Paper Magazine com as tais declarações de Ben Affleck, Evan Rachel Wood disse: "Tente ser estuprado em uma cena. Além disso, cresça, Ben".

Ao ser informada que os comentários de Ben Affleck foram de 20 anos atrás, a atriz replicou: "Eu tenho certeza que ele tentou ser engraçado, mas mesmo piadas assim causam danos." Além disso, a atriz criticou um pouco mais os comentários de Affleck. "Você acha que nós, mulheres, gostamos de beijar todos os caras que beijamos (em cena)? Só porque é um 'beijo hétero', não significa que nós gostamos."

Por fim, para responder a um usuário que disse que Wood deveria ser estuprada na vida real, a atriz declarou abertamente: "Eu fui estuprada e falei publicamente sobre isso ano passado. Talvez você não devesse jogar pedras no telhado de vidro."

Nesta quarta, a atriz de Westworld resolveu apagar todos os seus tweets sobre o caso por conta de comentários maldosos que recebeu. "Eu deletei a sequência por conta de coisas doentias que as pessoas escreveram em resposta. Eu não quero dar lugar para este tipo de ódio."

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO