Pe Lanza, ex-vocalista do Restart, é acusado de bater na mãe

Leni Lanza, mãe do músico, abriu um boletim de ocorrência contra o filho e a nora, Gabriela Merjan

por Diário de Pernambuco 20/06/2017 09:24
Twitter/Reprodução
Pe Lanza com sua mãe, Leni de Cássia Lanza, que abriu um boletim de ocorrência contra o cantor e a namorada. (foto: Twitter/Reprodução)
O músico Pe Lanza, ex-integrante da banda Restart, e sua namorada, Gabriela Merjan, estão sendo acusados de agredir a mãe do músico, Leni de Cássia Lanza. O cantor se pronunciou sobre o caso para o programa Balanço geral, da Record, nesta segunda-feira, 19.

O ex-Restart, que atualmente está em carreira solo, disse que só soube agora do boletim de ocorrência aberto por Leni no dia 8 de junho. Segundo ele, houve um exagero por parte da mãe e a história foi ''um pouco distorcida''. Na verdade, Leni teria agredido a Gabriela.
 
De acordo com o Pe Lanza, sua mãe se sentia incomodada com a presença de Gabriela em sua casa, o que ocasionou uma briga entre as duas, a ponto de ocorrerem agressões físicas. ''A minha mãe sempre teve muito ciúmes por ser sozinha. Ela também tem vestígios de depressão'', lamentou. ''Vou procurar meus direitos'', acrescentou.

Gabriela contou sua versão da história em perfil no Instagram (@gabimerjan). Segundo ela, o namorado só participou para tentar separar a briga. ''Já faz tempo que ela me odeia e me xinga. Chutava meu cachorro''. Sobre a agressão, Gabriela afirma que Leni a segurou pelos cabelos e a ameaçou com uma tesoura. ''Estou com a perna roxa e um corte no braço'', escreveu no Instagram.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO