Após Fátima Bernardes, Tony Ramos rompe contrato com a JBS-Friboi

Decisão foi tomada após os escândalos políticos envolvendo a empresa; cachê do ator era cerca de R$ 5 milhões

por Estado de Minas 20/06/2017 09:11
Reprodução
Tony Ramos quebra contrato com a JBS-Friboi. (foto: Reprodução)
Após a jornalista e apresentadora Fátima Bernardes romper seu contrato com a Seara por conta o envolvimento da empresa em encândalos políticos, agora foi a vez de Tony Ramos anunciar o fim de sua parceria com a Friboi. Ambas as marcas pertencem ao grupo JBS, de Joesley Batista, empresário que está no epicentro da crise política que acomete o país. A informação é da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, o cachê recebido pelo ator era de cerca de R$ 5 milhões. Como o grupo foi protagonista de duas polêmicas - sendo elas, a Operação Carne Fraca e a crise que envolve o presidente Michel Temer (PMDB) - ele já vinha avaliando a possibilidade do rompimento junto aos seus advogados. 
 
Ná época em que a Carne Fraca foi deflagrada, Tony Ramos declarou que era apenas contratado pela empresa responsável pela publicidade do grupo, mas garantiu acreditar na qualidade dos produtos Friboi. 

Fátima Bernardes, por sua vez, recebia a quantia de R$ 1,5 milhão a cada seis meses da Seara para ser a garota-propaganda de seus produtos. O contrato dela já estava em seu terceiro ano. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO