José Mayer vai acionar Justiça após ser acusado de assédio

Segundo o colunista Flavio Ricco, o ator pretende reagir judicialmente ao caso

por Estado de Minas 29/05/2017 17:53

Globo/Paulo Belote
José Mayer foi acusado de assediar figurinista durante as gravações da novela 'A Lei do Amor' (foto: Globo/Paulo Belote)
A história da denúncia de assédio de Su Tonani contra o José Mayer ainda não acabou. Segundo o colunista Flavio Ricco, do jornal Diário de S.Paulo, o ator pretende acionar a Justiça e reagir judicialmente ao caso.

 

Este é o próximo capítulo desde que a figurinista desistiu de incriminar Mayer, após acusá-lo de assédio sexual nos bastidores da novela A lei do amor. A decisão foi oficializada na Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, pedindo para que as investigações não fossem adiante.

 

A figurista argumentou que não prosseguiu com o caso de assédio para a Justiça pois acredita que a carta de confissão divulgada por José Mayer e o pedido de desculpas da Globo exibido durante o Jornal nacional foram suficientes.

 

O espisódio de assédio nos estúdios da TV Globo veio à tona em 31 de março, por meio de um depoimento de Su Tonani ao blog Agora é que São Elas, da Folha de São Paulo. Entre os constrangimentos, de que a profissional disse que foi vítima, estão toques não permitidos e insinuações obscenas.

Mayer, a princípio, negou as acusações. Pouco depois, em 4 de abril, publicou uma carta aberta pedindo desculpas pelo que chamou de "brincadeiras de cunho machista". 

 

Após a denúncia, a direção da Globo decidiu afastar o ator das próximas tramas, inclusive a de Aguinaldo Silva, O Sétimo Guardião, para a qual já estava escalado no elenco. Com a sua saída, Humberto Martins foi escolhido para o papel.  

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO