Atriz Claudia Alencar revela ter sido violentada na infância pelo pai

'Quase morri depois acordei deitada em uma cama', lembra a atriz

por Estado de Minas 17/05/2017 12:22
AgNews
Claudia Alencar revela ter sofrido violência dentro de casa durante a infância. (foto: AgNews)
Claudia Alencar, atriz que soma passagens por produções da TV Globo e da Record, revela ter sido violentada pelo pai quando era criança. A atriz afirma ter sofrido diversas agressões pelo pai durante a infância, adolescência e até mesmo quando adulta. O estupro, no entanto, teria ocorrido durante a Ditadura Militar. 

''Desde criança minha família foi abusada pelo meu pai, que provavelmente era um psicopata porque ele foi alijado pela família dele e teve que se virar sozinho. Acho que isso fez com ele agisse como agiu'', explica. 

Claudia conta que teve uma infância infeliz e era ''espancada'' pelo pai ''sempre que deixava alguma louça para lavar ou tirava alguma coisa do lugar'', lembra. ''Com 20 anos cheguei em casa após sair com meu namorado e sem querer quebrei o portão da nossa casa. Meu pai começou a gritar, correu atrás de mim e me enforcou. Comecei a ver tudo escuro e minha mãe ali, vendo tudo, sem saber o que fazer. Quase morri e depois acordei dentada em uma casa''. 
 
Ela também conta que sofreu agressões de um namorado. ''Depois de um tempo morando junto, ele começou a gritar comigo, me bater e eu não podia dizer que queria me separar porque ele me batia na cara e me jogava no chão. Eu chegava com o olho roxo no trabalho, mas dizia que havia caído na escada. Graças a ajuda de uma psicóloga consegui me livrar dele'', diz. 

Atualmente a atriz tem 66 anos e é mãe de dois filhos, Crystal e Yann. ''Sempre quis para eles o que nunca tive e graças a Deus pude superar isso'', finaliza.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO