Ator posta foto beijando Wagner Moura em protesto contra a Rússia

'É um protesto contra os crimes que a Rússia vem praticando contra a comunidade LGBTQ', escreveu Guilherme Weber na legenda

por Estado de Minas 05/05/2017 09:36
Instagram/Reprodução
Foto data de 2002. (foto: Instagram/Reprodução)
Guilherme Weber fez um protesto em suas redes sociais na madrugada desta sexta-feira, 05. O ator, autor e diretor brasileiro postou uma foto em que aparece beijando Wagner Moura e, na leganda, explicou que se tratava de um ato contra a Rússia. 

''É um protesto contra os crimes que a Rússia vem praticando contra a comunidade LGBTQ [Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e 'Queers']'', escreveu ele na foto que data de 2002, quando os atores atuavam juntos na peça Os solitários
 
Guilherme ainda convocou os seus seguidores a fazerem o mesmo. ''Se quiser se manifestar, postar a foto de um beijo com essa hashtag, marque na localização 'Kremelin'''. A hashtag é a #Kiss4LGBTQRights, que reclama pelos direitos dos LGBTQ's. 

Nos comentários, os seguidores do ator endossaram a manifestação. ''A homossexualidade é crime na Rússia e em alguns países da África e do Oriente. Aqui [Brasil] não é crime, porém um beijo entre dois homens ou mulheres causa fúria em muitas pessoas. Isso me lembra o Dr. Odorico Quintela: 'O amor ofende''', escreveu um seguidor.
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO