William e Kate podem embolsar R$ 5 milhões por flagra de topless

Fotos foram tiradas em 2012 e desde então o casal da Família Real britânica luta na justiça contra a revista que as publicou

por Estado de Minas 03/05/2017 16:06
Reprodução
Em 2012, Kate Middleton protagonizou seu primeiro escândalo como membro da Família Real inglesa. (foto: Reprodução)
Kate Middleton e o Príncipe William estão prestes a saber a setença final de um processo que se prolonga na Justiça inglesa desde o final de 2012. À época, o casal entrou com uma ação conjunta contra a revista especializada em celebridades, Closer

Famosa por publicar flagras de celebridades internacionais, a publicação estampou uma capa em setembro daquele ano com uma foto em que a Duquesa de Cambridge aparece com os seios à mostra. Na ocasião, o casal aproveitava as férias em um barco na região da Provença, na França. 
 
As imagens, que rodaram o mundo, despertaram a ira do casal inglês e, na última terça-feira, 02, os donos da publicação começaram a ser julgados junto com outros três fotógrafos. Os advogados da princesa classificam o ato como ''assédio''

A indenização pedida por William e Kate é de US$ 1,6 milhão, cerca de R$ 5 milhões. Apesar da quantia, o casal já anunciou que, caso vença a ação, o dinheiro será doado à instituições de caridade

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO