Ator de Stuart Little fala sobre bullying e ataques de pânico

Aos 26 anos, Jonathan Lipnicki conta que colegas de escola diziam que ele jamais conseguiria trabalhar novamente

por Diário de Pernambuco 16/03/2017 14:36

Tristar/Reprodução
O artista revela que seus colegas o humilhavam afirmando que ele seria "ator de um papel só" e que sua fama teria ficado no passado (foto: Tristar/Reprodução)
Hoje aos 26 anos de idade, o ator Jonathan Lipnicki falou abertamente, pela primeira vez, sobre os problemas com os quais lidou na infância. Ele ficou conhecido por interpretar Max na franquia O pequeno Start Little, sobre um rato falante que é adotado por uma família. De acordo com Jonathan, casos de bullying eram recorrentes na sua escola, o que ocasionou com que ele desenvolvesse crises de ansiedade e ataques de pânico.

Gabriel Olsen/Getty Images
(foto: Gabriel Olsen/Getty Images)
"Me deixa ansioso ser tão aberto assim, mas sofrer bullying é um problema universal. Eu não sou uma vítima, mas uma pessoa empoderada porque eu fui capaz de me voltar para a minha arte. Eu sou agradecido pela vida maravilhosa que tenho e espero que eu consiga mostrar que as coisas melhoram. Mesmo que seja mais fácil falar do que fazer, superar o bullying é uma realidade e eu espero que isso repercuta em todos vocês", escreveu ele.

O artista revela que seus colegas o humilhavam afirmando que ele seria  "ator de um papel só" e que sua fama teria ficado no passado. "Me disse que eu já tinha passado e que eu jamais seria capaz de fechar um trabalho de novo. Fizeram que eu me sentisse como um lixo todos os dias do ensino médio ao ponto em que eu tinha ataques de pânico todas as noites antes da escola porque eu me perguntava como sobreviveria ao dia seguinte", revelou Lipnicki.

Jonathan afirma estar melhor dos problemas da infância e "mais feliz do que nunca". "Agora eu já fiz mais filmes como adulto do que como criança. Isso me deixa muito emocionado. Não esperava me sentir assim, mas sinto. Claro que não são filmes de estúdios ou grandes estreias, mas estão nos cinemas! Estou seguindo meus sonhos e não poderia estar mais feliz".

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO