Jaden Smith e Shia Lebouf lançam projeto artístico anti-Trump

Um vídeo ao vivo com pessoas dizendo "ele não vai nos separar" ficará no ar durante todo o mandato do atual presidente

por Correio Braziliense 20/01/2017 17:01

CHRIS DELMAS
O ator Jaden Smith se juntou a Shia Lebouf para o projeto (foto: CHRIS DELMAS)

Jaden Smith e Shia Lebouf lançaram, na manhã desta sexta-feira (20), um projeto artístico anti-Trump. O projeto He will not divide us consiste em uma transmissão ao vivo no site hewillnotdivide.us com pessoas repetindo a frase “ele não vai nos dividir”. O transmissão ficará no ar durante quatro anos ou “enquanto durar o mandato”, de acordo com o texto introdutório do projeto.

A câmera está instalada ao lado do Museu da Imagem em Movimento, em Nova York. A transmissão ficará no ar 24 horas por dia e é aberta para qualquer um que quiser se manifestar. O próprio Jaden Smith já passou por lá e se uniu às pessoas repetindo a mensagem “He will not divide us”.

Hollywood contra Trump

Smith e Lebouf não estão sozinhos na oposição de Trump. Grande parte dos artistas de Hollywood já se manifestaram contrários às ideias do novo presidente. Recentemente, em discurso na premiação do Globo de Ouro, a atriz Meryl Streep criticou Trump sem mencioná-lo. Uma das frases mais marcantes da atriz foi “quando os poderosos usam sua posição para intimidar os outros, todos perdemos”.

Até hoje, no dia da posse de Donald Trump, os artistas continuam se manifestando contra o atual presidente. No Twitter, o autor Stephen King disse: “Bem-vindo à era de pilhagem, barulho e retórica vazia. Em outras palavras, bem vindos à Era da estupidez. Se você voltou por ele, você é responsável”.

O presidente teve dificuldades de achar artistas para se apresentar durante sua posse. Andre Bocelli, Elton John, Céline Dion e Kiss se recusaram a participar. The Rockettes e corais de universidades americanas acabaram se apresentando no evento.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO