Divórcio de Brad Pitt e Angelina Jolie ficará sob sigilo

Comunicado oficial reafirma a confidencialidade do processo de separação entre o ex-casal

por Estado de Minas 10/01/2017 10:00
Reprodução
Brad Pitt e Angelina Jolie se separaram em setembro de 2016. (foto: Reprodução)
Desde que Angelina Jolie decidiu entrar com o pedido de divórcio a Brad Pitt, o ex-casal tem sido bastante discreto sobre o assunto, ainda que muitos rumores tenham rodeado a separação. No entanto, isso mudou na última segunda-feira, 9. 

Angelina e Brad divulgaram um comunicado em conjunto na ABC News, com a intenção de afirmar a confidencialidade do processo de separação, principalmente, para proteger os filhos - Maddox, Pax, Zahara, Shiloh e os gêmeos Knox e Vivienne. 

''As partes e seus advogados assinaram acordos para preservar os direitos de privacidade de seus filhos e familiares, mantendo todos os documentos judiciais confidenciais e envolvendo um juiz privado para tomar as decisões legais necessárias e facilitar a resolução rápida de quaisquer questões remanescentes'', diz o comunicado. 

A nota ainda afirma que os dois estão empenhados em agir, em conjunto, para poupar os seus filhos dos traumas da separação. 

A separação de Angelina Jolie e Brad Pitt começou em setembro de 2016, quando a atriz entrou com o pedido de divórcio, alegando ''diferenças irreconciliáveis''. 

Desde então, Angelina e Brad lutam na justiça pela guarda dos seis filhos. 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO