Empresária de Mariah Carey se pronuncia sobre show de ano novo

Após falhas técnicas na performance da cantora na na virada do ano, em Nova York, Stella Bulochnikov diz que produção estava ciente sobre os problemas

por Estado de Minas 03/01/2017 14:52

Reprodução/Youtube
A cantora chegou a tirar os fones mas não conseguiu continuar o show (foto: Reprodução/Youtube)
A empresária da cantora Mariah Carey, Stella Bulochnikov, vem se manifestando sobre o ocorrido na performance da cantora no réveillon da Times Square, em Nova York. Na ocasião, ocorreram inúmeras falhas técnicas, especialmente um desajuste entre a banda e a sua voz, em que o fone do retorno não estava funcionando corretamente. 

 

Após a apresentação, Stella disse à revista Billboard que antes do show já haviam informado aos produtos que os fones não estavam funcionando e que eles garantiram que estavam trabalhando para funcionar no show ao vivo. "Eu deveria ter tirado ela do palco. Isso foi sabotagem. Vocês devem a Mariah um pedido público de desculpas", disse a empresária, se referindo a produtora. 

 

Em contrapartida, um dos produtores em questão, disse a mesma revista que a cantora teve tempo suficiente para ensaiar e não quis, e que tudo estava funcionando perfeitamente. Em uma declaração à imprensa, a Dick Clark Productions, responsável pelo evento, negou as acusações e ainda reforçou que é absurdo afirmar que a produtora comprometeria intencionalmente o sucesso de qualquer artista. 

 

Nesta segunda-feira, 2, a empresária Stella concedeu entrevista à Entertainment Weekly e aproveitou para rebater algumas alegações. Segundo ela, diferentemente do que foi afirmado, Mariah esteve no palco mais cedo para ensaiar a apresentação e que desde então o som estava falhando e asseguraram que o problema seria resolvido até a noite, mas o mesmo continuou até a hora do show. 

 

A empresária ainda comentou sobre o comunicado emitido pela empresa: "Quando os fones não funcionaram ao vivo, e ela os puxou para fora das orelhas, eles deveriam ter cortado a transmissão e colocado um comercial. Isso me diz que eles queriam um momento viral a qualquer custo. E isso não é uma empresa com integridade de 50 e poucos anos. Isso não é quem era Dick Clark. Ele amava artistas. Nem pedir desculpas formalmente, pediram. Isso é nojento", disse. 

 

Por fim, Stella também foi questionada sobre como Mariah estava se sentindo e ela respondeu que a cantora está ignorando o ocorrido. "Ela tem tantas cosas mais importantes para fazer. Ela estava ali fazendo um favor", revelou a empresária.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO