Brad Pitt acusa Angelina Jolie de expor a privacidade dos filhos

O advogado do ator entrou com pedido para que os documentos que envolvam os filhos do casal se tornem privados

por Estado de Minas 22/12/2016 18:28

AFP
Anteriormente, Pitt já havia pedido para selar todos os documentos do divórcio (foto: AFP)
Nesta quarta-feira, 21, os advogados de Brad Pitt fizeram um pedido para o juiz do divórcio entre o ator e Angelina Jolie para que torne privado todos os documentos que envolvam os filhos do casal. Na moção, eles acusam Jolie de expor a privacidade dos filhos ao exigir que o processo de divórcio seja aberto para consulta pública. 

 

Anteriormente, Pitt já havia feito o pedido para selar todos os documentos do divórcio. Segundo o Daily Mail, a equipe jurídica do ator acusa Angelina Jolie, em documentos judiciais, de "estar determinada a ignorar até mesmo as normas acordadas relativas ao melhor interesse das crianças". 

 

Ainda nos documentos, o advogado de Brad declarou: "[Angelina] aparentemente não tem um mecanismo de auto-regulação para impedir que informações sensíveis sejam colocadas no registro público ou ela tem outros motivos". 

 

O casal possui seis filhos juntos, Maddox (15), Pax (13), Zahara (11), Shiloh (10) e os gêmeos Knox e Vivienne (8), que só veem o pai durante sessões supervisionadas de terapia. Brad Pitt, no entanto, está pedindo para compartilhar a custódia física e legal, que Angelina Jolie mantém temporariamente. Em contrapartida, a mãe das crianças quer a custódia física exclusiva, mantendo apenas as visitas programadas do ex-marido. 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO