Sofia Vergara entra em disputa judicial por embriões

Com nomes de Emma e Isabella, os embriões também são reivindicados pelo ex-namorado da atriz

por AFP - Agence France-Presse 09/12/2016 11:33
ABC/Divulgação
(foto: ABC/Divulgação)

A atriz Sofia Vergara está enfrentando um processo por dois embriões congelados, fecundados por ela e por seu ex-namorado, e que agora é objeto de uma longa batalha judicial.


Os embriões estão listados como demandantes sob os nomes de "Emma" e "Isabella" em documentos arquivados em um tribunal de Louisiana, segundo o jornal The New York Post. Louisiana é um estado pró-vida onde os embriões têm direitos como qualquer pessoa. No processo, Nick Loeb, ex-namorado da atriz, tentou ganhar a custódia dos dois óvulos fertilizados in-vitro com o objetivo de trazê-los à vida.

De acordo com o processo, não permitir o nascimento desses embriões congelados em uma clínica de fertilização na Califórnia é privá-los de sua herança.A atriz colombiana disse que queria manter os embriões congelados por tempo indeterminado."Uma mulher é autorizada a seguir com a gravidez ainda que o homem seja contra", escreveu Loeb em abril ao The New York Times.

"Também não deveria ser assim para um homem, que está disposto a assumir as responsabilidades, ter o direito de trazer os embriões à vida ainda que a mulher seja contra?", questionou.No ano passado, a atriz de "Modern Family" insistiu que "estava fazendo a coisa certa" ao se recusar a assinar a entrega da guarda dos embriões a Loeb.

Uma criança que vem ao mundo precisa "mais do que de uma mãe, precisa de uma relação amorosa entre os pais", acrescentou. Loeb, de 39 anos, assinou um acordo com Vergara em novembro de 2013, estipulando que ninguém poderia fazer nada com os embriões a não ser que ambos concordassem.

Entretanto, Loeb processou a atriz pela guarda dos embriões, depois que terminaram, dizendo que o acordo não esclarecia o que seria feito do material, caso eles se separassem.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO