Obama não se importa que as filhas levem os 'crushes' para a Casa Branca

O presidente norte-americano confia no exemplo familiar que tiveram em casa e no Serviço Secreto de segurança das meninas

por Agência Estado 07/11/2016 10:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
NICHOLAS KAMM/AFP
Malia e Sasha já levaram meninos para a Casa Branca (foto: NICHOLAS KAMM/AFP)
Quem nunca teve aquele leve receio de levar o 'crush' para casa e encontrar os pais? Acontece até com as filhas do presidente norte-americano, Barack Obama. Malia, de 18 anos, e Sasha, de 15, já levaram meninos para a Casa Branca, mas o pai encara com naturalidade.

Em entrevista à uma rádio da Carolina do Norte, na última sexta-feira, 4, Obama disse que já aconteceu e ele ficou relaxado. "A verdade é que eu fico muito relaxado por duas razões. Uma delas é Michelle. Ela ensinou - ela é um grande exemplo de como ela se impõe, de autoestima, sem depender de meninos para validarem como está sua aparência ou essas coisas, sem deixar que te julguem por alguma coisa além do seu caráter e da sua inteligência", disse o presidente dos Estados Unidos.

Obama também disse que espera ter sido um bom exemplo em relação ao respeito que mostrou à sua esposa. "Não me preocupo com isso porque elas são meninas inteligentes", afirmou.

A outra razão para que ele fique tranquilo é o Serviço Secreto norte-americano. Obama brincou que os meninos que vão à Casa Branca com suas filhas não têm ideia do que os agentes da CIA podem fazer.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO