Hipster da Polícia Federal nega ter infringido regras da corporação

Em comunicado oficial, assessoria de Lucas Valença afirmou que ele concedeu entrevista apenas para falar sobre sua beleza

por Estado de Minas 25/10/2016 09:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

O policial federal Lucas Valença, de 30 anos, apelidado de o 'Hipster da Federal' desde que participou da operação de prisão de Eduardo Cunha, falou sobre a possibilidade de responder a um processo administrativo na Polícia Federal por conceder entrevistas sem a autorização da instituição, infringido, assim, normas internas da corporação.

Reprodução/ Tv Globo
Polícia Federal não gostou de ver Lucas dando entrevistas (foto: Reprodução/ Tv Globo)

Lucas participou do programa "Encontro com Fátima Bernardes" desta segunda (24), assim como posou e deu entrevista ao site EGO. Em ambos os casos, ele alega ter falado na condição de cidadão que despertou interesse por sua beleza, e não como policial.

 

"Lucas Valença é agente de Polícia Federal e ganhou notoriedade em razão da aparição na imprensa durante operação policial de grande repercussão. Ao ser chamado pra dar entrevista em canal de televisão de âmbito nacional, Lucas Valença não foi chamado enquanto representante da instituição, mas sim na condição de cidadão que possui interesse da sociedade em razão da sua beleza estética. Lucas reitera, assim como fez na entrevista, todo o seu respeito com a Instituição Policial Federal e, principalmente, em relação às investigações protagonizadas por nossos profissionais, sempre protegidas pelo sigilo e confidencialidade. Continuaremos construindo a Polícia Federal que a sociedade confia com muito zelo e responsabilidade", afirma a nota divulgada pela assessoria do bonitão.

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO