Kim Kardashian é vista com família pela primeira vez após assalto

Em Nova York, socialite se vestia de forma discreta e tinha expressão abatida. Kanye West e os dois filhos a acompanhavam

por Estado de Minas 07/10/2016 17:50

Reprodução/Instagram Nana Rude
Kim Kardashian toda discreta em Nova York, sem os looks de sempre (foto: Reprodução/Instagram Nana Rude)
Visivelmente abatida, Kim Kardashian vestia um casaco de moletom, usava boné e segurava a filha mais velha, North West, no colo, na primeira aparição pública desde o assalto em Paris, no último domingo (2). O caçula, Saint West, estava logo atrás nos braços do pai, Kanye West. Com grande esquema de segurança, a família foi vista nas ruas de Nova York.


Conhecida pela exposição em redes sociais, depois do assalto a socialite teria dito a amigos próximos que mudaria sua postura, afirmando que não vale mais a pena se exibir tanto publicamente. Kim perdeu cerca de US$ 11,5 milhões em joias - quase R$ 37 milhões, além de ter sido feita refém com uma arma apontada para a sua cabeça. A Kardahsian estava com suas irmãs, Kourtney e Kendall, em Paris, para acompanhar a semana de moda. Logo após o incidente, voltou aos Estados Unidos, quando se reuniu com seus parentes e amigos.



As investigações sobre o assalto estão em andamento na capital francesa. A polícia local acredita que os criminosos possam ter sido ajudados por seguranças para ter acesso ao quarto da celebridade. "A polícia suspeita que os cinco ladrões tiveram contato com a segurança de Kim e receberam dicas. Eles sabiam que não havia segurança (com ela dentro do quarto na noite do roubo). Tudo que eles tinham que fazer era entrar em contato com alguém do hotel. Eles estão falando com guarda-costas que estiveram com ela antes", disse uma fonte a coluna Page Six, do jornal The New York Post.

A polícia francesa está analisando imagens de câmeras de segurança e registros telefônicos de pessoas próximos à socialite, para auxiliar no andamento das investigações. Kim Kardashian descreveu à policia como eram os cinco homens. Ela acredita que os ladrões eram franceses e provavelmente criminosos profissionais.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO