Rapper brasileiro sofre ataque racista e tem carro coberto por cascas de banana

''Quem me conhece sabe que enfrento esses problemas sempre com muita força. Mas confesso que esse tiro de hoje foi pesado'', lamentou Dughettu

19/09/2016 18:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook / Reprodução
O rapper prestou queixa na 17ª DP por crime de racismo, embora não tenha informações sobre a autoria do crime, nem testemunhas (foto: Facebook / Reprodução )

Facebook / Reprodução
O rapper prestou queixa na 17ª DP por crime de racismo, embora não tenha informações sobre a autoria do crime, nem testemunhas (foto: Facebook / Reprodução )
Mais um artista foi alvo de racismo. Dessa vez, o rapper Marcello Silva, mais conhecido como Dughettu, foi surpreendido com cascas de banana em cima do capô do carro, e sequer sabe quem foi o autor do crime. O episódio ocorreu na tarde de domingo, 18, no Rio de Janeiro, e foi relatado nas redes sociais.

Dughettu conta que tinha ido para uma clínica veterinária para fazer a eutanásia do cão de estimação da família. No momento em que deixava o local se deparou com a cena: várias cascas de banana foram colocadas no veículo que estava estacionado na rua.

"Parei meu carro num estacionamento de rua ao lado de uma fileira de 15 carros. Fiquei por 30 minutos na clínica e ao retornar me deparei com meu carro desenhado com cascas de banana. A identidade do autor ainda é desconhecida", explica.

O rapper prestou queixa na 17ª DP por crime de racismo, embora não tenha informações sobre a autoria do crime, nem testemunhas. "Mesmo já tendo sofrido diversos atos preconceituosos, esse me derrubou. Quem me conhece sabe que enfrento esses problemas sempre com muita força. Mas confesso que esse tiro de hoje foi pesado", lamentou o artista.

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO