Rapper americano Chris Brown é preso depois de ameaçar mulher com arma de fogo

Incidente aconteceu na casa do artista. O cantor teria jogado pela janela armas e drogas e gritado aos policiais "Venham me pegar"

por AFP 30/08/2016 22:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 Imeh Akpanudosen/Getty Images/AFP
Cantor condenado por agredir a ex-namorada Rihanna (foto: Imeh Akpanudosen/Getty Images/AFP )

O cantor americano de hip-hop Chris Brown, tão conhecido por sua música quanto por suas reações violentas, foi preso nesta terça-feira por ameaçar uma mulher com uma arma de fogo dentro de sua casa. Antes da prisão, o artista, em sua conta no Instagram, se queixou da polícia que foi à sua mansão depois de uma chamada de emergência.

A Polícia de Los Angeles (LAPD, na sigla em inglês) informou que se dirigiu para a casa do cantor, após receber a chamada de uma mulher "pedindo ajuda", por volta das 3h da manhã (7h no horário de Brasília). De acordo com o canal de televisão NBC, a pessoa que fez a chamada disse à polícia que Brown lhe apontou uma arma de fogo porque ela admirava uma joia do cantor na casa dele.

Os policiais cercaram a casa do rapper, onde ele jogou pela janela uma sacola com drogas e um revólver, e disse aos policiais: "Venham me pegar".

Depois de conseguir um mandado de busca, a polícia entrou na casa do cantor e revistou todas as pessoas.

Antes de jogar a sacola pela janela, o rapper postou uma série de vídeos no Instagram, em que clama inocência e se coloca contra os policias com base no movimento #BackLivesMatter, que conscientiza sobre a perseguição da polícia norte-americana a cidadãos negros.

"Têm de parar com esse jogo, em que me apresentam como o mau, como se estivesse ficando louco. Não é assim", disse Brown, em um dos vídeos.

"Quando conseguirem um mandado para o que precisam fazer, vão entrar aqui (na minha casa) e não vão descobrir nada, idiotas", acrescentou.

"São a pior gangue do mundo, a Polícia", sentenciou.

Confira os vídeos, em inglês:





Histórico de agressões


Em junho de 2009, Brown foi condenado por agredir sua então namorada, a estrela do pop Rihanna, que sofreu lesões faciais e se viu obrigada a cancelar sua apresentação nos prêmios Grammy desse ano.

O cantor de sucessos como "Run It!" e "Kiss Kiss" foi então sentenciado a cinco anos de liberdade condicional, a assistir durante um ano a um programa de violência doméstica e a cumprir 180 dias de trabalho comunitário.

Em 2014, ele se declarou culpado de ter agredido um homem na frente de um hotel em Washington. Em janeiro deste ano, foi acusado de agredir uma mulher em Las Vegas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO