Ideia de campanha polêmica dos jogos paralímpicos foi de Cleo Pires

Segundo site da revista 'Vogue Brasil', diretor de arte da publicação sabia que a ação seria 'soco no estômago'. Atriz desabafou no Instagram

24/08/2016 14:56

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Instagram/Reprodução
(foto: Instagram/Reprodução)
Após a polêmica provocada pela publicação de imagens de campanha Somos todos Paralímpicos (leia a respeito aqui), criada pela agência África para a Vogue Brasil om o objetivo de divulgar os jogos paralímpicos, Cleo Pires, que estrela a peça publicitária ao lado de Paulinho Vilhena, resolveu desabafar em seu Instagram. Postou em seu perfil na rede social foto da atleta de tênis de mesa Bruna Alexandre (que tem o braço direito amputado), cuja legenda informa que teria sido justamente essa imagem a inspiração para todo o trabalho. Em seguida, publicou também vídeo curto dizendo que a intenção dela e de Vilhena (que exibe perna mecânica como a de Renato Leite, do vôlei sentado) é de "gerar visibilidade" ao emprestar as próprias imagens como embaixadores da competição.

Paralelamente, o site da revista Vogue Brasil publicou matéria na qual informa que a ideia da campanha teria sido de Cleo Pires. Confira o depoimento de Clayton Carneiro, diretor de arte da Vogue Brasil, sobre a campanha: "Participar da campanha foi uma honra para mim. O clima no estúdio era de total felicidade e orgulho. Paulinho Vilhena e Cleo Pires fizeram um lindo discurso antes de começarmos a fotografar que emocionou a todos os envolvidos. E para quem nao sabe, a ideia toda da campanha foi da embaixadora das Paralimpiadas, Cleo Pires. A gente sabia que seria um soco no estômago, mas estavamos lá por uma boa causa, afinal, quase ninguém comprou ingressos para ver os jogos paralímpicos".

As críticas à campanha continuam a aparecer, principalmente no perfil da atriz.

 

Em comunicado à imprensa, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a agência África justificaram a ação. "A campanha com a participação dos embaixadores do movimento paralímpico brasileiro Cleo Pires e Paulo Vilhena tem o apoio do CPB. O objetivo da campanha é chamar atenção para as pessoas com deficiência num momento em que o Brasil se aproxima dos Jogos Paralímpicos. De acordo com as estatísticas oficiais, um em cada quatro brasileiros tem algum tipo de deficiência. Mas essas pessoas ainda são, em grande maioria, invisíveis na nossa sociedade. Os atletas estão presentes em outras fotos e ficaram muito felizes em participar da campanha."

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO