Bieber recusa US$ 5 milhões para cantar em evento de Trump

Lady Gaga, Katy Perry, Rolling Stones, Queen, R.E.M, Adele, Neil Young já se manifestaram contra o republicano

por Diário de Pernambuco 29/07/2016 15:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/Facebook
(foto: Reprodução/Facebook)
O cantor e compositor canadense Justin Bieber rejeitou uma proposta de US$ 5 milhões (aproximadamente R$ 16 milhões) para se apresentar no evento de anúncio da candidatura de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos. O valor do cachê foi revelado ao site norte-americano TMZ por fontes ligadas ao cantor.

O show na convenção republicana teria 45 minutos, em um local próximo à Quicken Loans Arena, em Cleveland, e seria custeado por doadores da campanha de Trump. Ele receberia o cachê antes da apresentação e não teria sido solicitado a fazer declarações de apoio ao rival da republicana Hillary Clinton na corrida pela Casa Branca.

Canadense, Bieber teria cogitado participar do evento, de acordo com a fonte. A ameaça de pedir demissão feita pelo empresário dele e conselhos do jogador de basquete LeBron James, entretanto, teria ajudá-lo a declinar a proposta.

Nesta quinta-feira, Lady Gaga, Katy Perry e atores da Broadway se apresentaram na convenção democrata e declararam apoio a Hillary. A lista de artistas que já se manifestaram contra Trump inclui Rolling Stones, Queen, R.E.M, Adele, Neil Young e George Clooney.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO