Ludmilla pede R$ 300 mil de indenização a Val Marchiori por racismo

A funkeira acionou a justiça em razão do episódio em que a socialite comparou seu cabelo a uma esponja de aço

21/07/2016 18:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ramon Vasconcelos/Tv Globo
(foto: Ramon Vasconcelos/Tv Globo)
Ludmilla resolveu levar adiante o processo por injúria racial que ela move contra Val Marchiori. De acordo com o colunista do jornal O Globo Ancelmo Gois, a funkeira pede indenização de R$ 300 mil em ação na 3ª Vara Cível da Ilha do Governador, em razão do episódio em que a socialite comparou o cabelo da cantora a uma esponja da aço.

O caso se passou no carnaval deste ano, quando Ludmilla desfilou pela escola de samba Salgueiro e Val trabalhava como comentarista da RedeTV. Depois de saber da possível ofensa, Ludmilla se defendeu nas redes sociais.

"Depois do desfile muitas pessoas me enviaram um vídeo de uma pessoa que apresentava um programa ao vivo na TV e falou que meu cabelo parecia bombril. Eu fiquei muito triste quando vi o vídeo mas curti o restante da minha noite de ontem tranquila e com sensação de dever cumprido após o desfile da minha escola maravilhosa, que arrasou na avenida. Hoje, ao viajar pro Pará pra fazer um show, vim refletindo no avião. Quem é essa pessoa? O que eu fiz para ela? O que ela fez pra chegar onde ela está? E vi que não valia a pena ficar com raiva dela, nem bater boca nas redes sociais", continuou Ludmilla, deixando claro que não", escreveu a funkeira na ocasião, em post no Facebook.

Val, por outro lado, defendeu-se também usando redes sociais. A socialite afirmou que sua função não era ser simpática, mas "que ao vivo a gente pode acabar falando a mais ou acabar sendo mal interpretada" e que se referiu à peruca que Ludmilla usava, não ao cabelo.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO